Feliz Aniversário

Ah! Como seria se pudesse escutar Bethovem em sua nona sinfônia? Ou Chipin em alguma canção, se pudesse curtir Elis Regina ao vivo ou Freddy Mercury exuberante.
É, não sou qualquer eclética, sou como uma brisa leve que toca suave um rosto ou uma leoa que luta pelo que ama.
E hoje eu amo a vida!
Amo a idéia de ser eternamente feliz e fazer feliz quem está a minha volta, amo saber que cada novo ano eu não apenas vivo um dia após o outro, eu aprendo lições. E este último ano aprendi a amar sem receber em troca, sem reciprocidade.
Aprendi a me abrir para novas amizades, e como eu me sinto rica por isso: amigos, vocês são meus tesouros!
Família, vocês são minha base!
Deus, tu és minha Fortaleza.
Sem esses ingredientes não teria graça, dia, vento, ar, não teria riso ou amor. Seria um grande vazio..
E vazio nesse instante é só meu estômago gordo e sedento por comida,por que o coração, ah, ele tá abarrotado!
Tá radiante, tá cheio de vida, tá feliz!
Obrigada Vida, por cada caminho que percorri e cada detalhe que apreciei, especialmente os sorrisos pelos quais me apaixonei. E são tantos, muitos!
É primeiro de dezembro, dia de bala e muito abraço, não é presente físico que preenche meu dia, mas o carinho, o amor, um olhar, um riso, uma lembrança.
Feliz aniversário para minha mãe, meus amigos e família. Não seria ninguém sem vocês!

 Beijos enormes,
Babi.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça valer a pena!