Amor em suas variadas formas.. Importante é amar!

Não estão acostumadas!
Elas não sabem nada, nada sobre a vida.
Sobre o coração, a emoção e os sentimentos.
Aliás, elas sabem!
Sabem temer, odiar, sentir raiva e bajular.
Mas quem sabe amar?
Quem ousa amar a olhos nus e peito aberto?
Amar não é palavra ao vento, é dia a dia.
E as canções que nossos pais ouviam quando jovens, elas falam de amor e nunca saem de moda.
Eram letras poéticas, versos, romance, sentimentalismo.
Não posso ser sentimental hoje?
Preciso ser alguém amargurada para o mundo me aceitar?
Ah, quanto tempo eu levo para amar?!
É muito mais afirmação que uma pergunta.
Quando eu olho nos olhos de alguém e vejo seu sorriso transbordar e isso tudo faz meu coração disparar, então amei.
Amo, amarei, desejo ter pertinho, na minha vida, PARA SEMPRE!
E não posso amar um amigo assim?
Uma amiga do mesmo sexo?
Não posso ser carinhosa, abraçar, pegar na mão, ser gentil, educada, não posso dizer que amo em rede social...NÃO POSSO?
Posso sim, porque da mesma forma as pessoas declamam suas raivas, gritam aos quatro cantos, colam nas paredes seus ódios.
As pessoas estão perdendo o verdadeiro sentido de viver, estão trocando dúzias de ofensas por um simples gesto de amor ao próximo.
E eu, vou continuar destoada desse multidão que só procura ver o lado mal da história.
Quero amar e ser amada, não importa que seja um amigo, um namorado, a mãe, a tia, o primo, o cachorro, não importa, não importa.
Não coloque rótulos nas relações, coloque mais amor e vai ser feliz!

Beijos enormes,

Bárbara Castro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça valer a pena!