A natureza chora lama - rompimento da barragem



É lama!
O que corre nos rios e mata os peixes.
Da barragem de rejeitos de uma mineradora.
Não tem nenhum culpado? É natureza, é destino?
O rio que corre, não para, como dizia Heráclito:
Ninguém banha na mesma água do rio duas vezes.
Mas agora nem água tem, e os peixem estão indo embora.
A lama que corre no mar capixaba também tem rejeitos de outrora.
É dor dilacerante de ver.
Não é físico ou material, não é casa destruída, nem quintal.
É lama!
Pura e simplesmente, lama o que tem matado o meio ambiente.
Lama de rejeitos!
E o rio para onde está correndo?
Porque ele não para e está se espalhando, enquanto você procura um culpado.
É lama, é rejeito, é descaso!
Políticos, donos dessa barragem, convido-os a encher o copo e beber!
Saciem suas sedes e bebam um pouco dessa dor!

Beijos enormes,
Bárbara Castro.
_________________________________________________________________


2 comentários:

  1. Oi, Bárbara! Gostei muito desse seu texto.
    Uma verdade, que pelo menos dessa vez, não pode ser escondida!
    Muito bom! Abraço grande!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 'Uma verdade que não pode ser escondida' e nem passar despercebida..
      Obrigadaaa!!!
      Vamos evoluir na escrita.
      Beijo enorme,
      Babi.

      Excluir

Faça valer a pena!