O céu é o limite.

Não existe limites para quem busca o sucesso!
O céu é o limite.

Quando ainda era uma adolescente eu descobri que existia dentro de mim uma voz negativa ao extremo, que gritava a minha incapacidade, discutia meus propósitos, e berrava muitos 'e se'. De repente eu decidia estudar uma nova língua e a tal voz entrava em ação, vinha como "e se for em vão?", "e se você não conseguir?", "e se não passar nas provas?". Então eu desistia, perdia, não conseguia, porque era incapaz de calá-la ou de fingir-me de surda.

Então lembrei daquela fábula da corrida de sapos, onde disputavam o primeiro lugar ao topo de uma montanha. Enquanto os espectadores gritavam que ninguém ia conseguir, um a um ia desistindo, mas um sapo conseguiu chegar ao topo. E aquilo era um murmurinho gigantesco, ninguém acreditava que pudesse haver um campeão, as pessoas estavam incrédulas com a situação quando finalmente perguntaram ao sapo como ele conseguiu vencer, mesmo com tantas pessoas gritando que era impossível, e o sapo não escutou a pergunta, era surdo.

Levando em consideração que o sapo era surdo o suficiente para não escutar as vozes a sua volta, quase que implorando suas desistência, e levando em consideração que foi este o motivo principal de sua vitória. Então, apesar de tardio, eu percebi o quão é fundamental a surdez para quem desejar chegar a topo.  

Acho que realmente não existe limites, porque o limite é apenas o começo.

E este é mais um texto, mais uma história minha, mais uma lembrança ou forma de pensar, este sou eu, em palavras. 

E assim começou minha saga:

- O último sábado eu mesma fiz as unhas, retirei cutículas, peles extras, pintei num rosa bem clarinho.
Resultado: Como nosso amigos Alcoólicos Anônimos, estou mais de 48 horas sem roer as unhas.

- Na última quinta-feira eu comprei um patins. Estava buscando algo que me desse prazer e lembrei da infância, o quanto adorava meus patins. Mas ainda não consegui sair por mais de 3 metros do lugar. (risos). Ainda, porque irei!
Resultado: Estou treinando um pouco a cada dia, confesso que inicialmente estou no tapete e futuramente irei a garagem. Já estou tendo equilíbrio e um pouco de controle sobre o deslizar dos pés.

- Há duas semana que estou pedalando na minha ergométrica. Eu finalmente percebi que a minha força de vontade, como o próprio nome diz, é minha e deve partir de mim. 
Resultado: Estou muito mais disposta, me sinto mais alegre e estou finalmente começando a pedalar por 1 hora direto em um ritmo muito bom. 

- Há dois meses que decidi passear com meu cãozinho e paixão de minha vida, então toda noite após o trabalho, eu o levo na rua e isso não tem feito bem somente a ele, mas especialmente a mim. Me sinto completamente mais feliz de estar na companhia dele, apesar de me puxar, latir pra todo mundo e respingar xixi no meu pé.
Resultado: Estamos mais próximos e mais relaxados, ele nunca mais me mordeu. (risos)

E saga continua.. 
E você, já decidiu qual o novo projeto? Já se decidiu por deixar a vozinha negativa de lado e também a preguiça? Meu amigo, nunca será tarde, mas se começar hoje, logo pegará o ritmo.

Prometo aparecer para contar mais sobre os resultados, de acordo com a evolução.

Tenham uma excelente noite e Let'sGO!

Beijos Enormes,
Bárbara Castro.

Um comentário:

  1. Barbara, eu adorei seu blog. Acho que inspira um pouco de coragem em mim, apesar de ser humano, eu também acredito que somos capazes de conquistar o que desejamos. Parabens! Espero ver sua evolução nos seus projetos, e em breve vou buscar os meus.
    Beijo.

    ResponderExcluir

Faça valer a pena!