Amor e suas formas - Em construção..

Amor bandido.
Chegou me domando, pegando meu braço, até assustou.
Amor louco.
Feito um furacão, tirou-me do chão e me pôs numa camisa de força.
Amor cego.
Tropeçou no meu coração, falou que era especial e tinha o sorriso mais lindo.

Beijos enormes,
Bárbara Castro.

Amor bandido

Pela manhã eu levanto, sem medo.
Sumo pela casa procurando um alento.
Não tenho mais nada a fazer, você me deixou.
Nem mesmo seu novo endereço ficou.

Dizem que amor é cego.
Mas não, é bandido, é furacão.
Deixa a gente sem controle da própria vida.
Faz perder o juízo, a mentalidade e a razão.

Não vejo você há algum tempo.
Sinto falta dos teus beijos, da sua proteção.
Você quis assim e eu terei que aceitar seu 'não'.
No fundo aprendi o que é solidão.

Fui fiel aos meus sentimentos.
Respeitei nosso casamento.
Te amei desde o primeiro momento.
E hoje, só te quero por perto.

Minhas amigas falam para te esquecer.
Dizem que você não presta.
E eu insisto nesse relacionamento;
Por que acredito que meu amor é você!

Talvez se houvesse dito adeus;
Mas não, você simplesmente se perdeu.
Deixou-me no vazio da escuridão;
Sem entender tua razão.

Um dia ei de aprender.
O amor-próprio ei de ter.
E quando sentires vontade de voltar;
Eu não mais vou te querer!

Por hoje chega de sofrer;
Vou sair para dançar com as amigas.
Aos poucos te tiro da minha vida.
Mesmo te amando vou aprender a te esquecer!

Beijos enormes e boa tarde!
Bárbara Castro.

PS: Só um rascunho no qual estou trabalhando.

Feliz Natal !!!

Então é Natal..
A casa se alegra, os familiares chegam.
É dia de comemorar com alegria o nascimento do menino Jesus.
Que hoje levo no peito, na mente, no coração.
Aprendo cada dia uma nova lição.
Suporto a dor dilacerante sob oração.
Pois Ele me guia pelo caminho de luz.
Natal é dia de reunir a família.
Estar em paz com a vida.
Dia de cantar as canções mais belas sem nenhuma sintonia.
E ri o riso mais feliz que todos os dias.
Natal, festa de nascimento.
Por que não nascer também, mais uma vez?
Aproveitar a ocasião e pedir paz no coração.
Renovação!
Natal!

Palavra que resume todos os melhores sentimentos e é exatamente o que desejo a cada um!
Um Feliz Natal com fé em Jesus, abraços apertados, amores correspondidos, olhares trocados.
Que Natal seja sem Wifi, mas se tiver que usar, seja apenas para ligar para o parente afastado.

Beijos enormes,
Bárbara Castro.

Ter ciúmes.

Ciúmes!
Quem nunca teve?
É demais para se manter, é cruel apenas para vocês!
Eu já tive, e muito.
Hoje aprendi a lidar, ciumes é auto destrutivo.
É terrível, não dá para imaginar.
O tempo que se perde é um tempo perdido.
Não volta nem repete, tempo que passa, saudade que fica.
Ciúmes é um sentimento egoísta, é querer para si.
Achar que vai perder.
Enxergar com medo a vida e achar que é inferior ao mundo.
Aprendi assim, a controlar.
Quando aos poucos decidi me amar.
O ciúme não passou, mas hoje sei lidar.
Me enxergo bem melhor, sei que não sou a pior.
O tempo me fez pensar, que a hora é essa e os sonhos nunca podem parar.

Tenha ciumes, muitos, se alguém porventura te amar mais que você próprio!
Ciumentos de plantão, me encaixo aqui, mas vamos nos controlar, porque o excesso infelizmente faz perder os melhores momentos que nunca irão voltar!

Beijos enormes,
Bárbara Castro.

PS: Já fui tão, tão, exageradamente ciumenta, quem me conheceu no passado sabe do que estou falando, mas quem ainda tem conhecimento hoje, sabe o quanto mudei, e graças a Deus, para melhor! Mas ainda sou um pouco ciumenta, tento equilibrar, disfarçar, enganar, ler um livro, não imaginar lorota, mas enfim a gente acaba descobrindo que todos para nós tem um ''Q'' especial e há de termos também na vida de cada um que nos conhece, mas para alguns seremos mais amigos, melhores amantes, melhores primos, filhos, irmãos, para outros somos bons, mais a afinidade não tem tanta sintonia. 


Melhor morrer de amor!

Amor!
Tão belo quanto as pétalas de uma rosa.
Ou o vento que sopra o ipê e torna o chão amarelo.
Tão distinto e autentico, é o amor.

Escrever sobre um sentimento tão puro.
É olhar de vez para um céu escuro.
Dizer que amou, mas nunca amou o bastante.
Pois o amor não tem distância ou limite, vai além.

Difícil falar sobre o que me consome.
O sexo aqui não convém.
Não é amor por mulher ou homem.
As vezes, é apenas paixão que essa relação tem.

Amor é para sempre.
É sincero e honesto e, por vezes, intuitivo.
São ainda as lindas rosas vermelhas ou amarelas.
Com suas pétalas caindo ao vento.

Acho que repito a cada segundo.
Para muitos isso é um tormento.
Por medo de perder a todo instante.
Amo como se não houvesse outro momento.

Ser adulto é ter medo.
É aprender o que a criança nasce sabendo.
Exposição nem pensar!
Quando se trata de amor, o adulto há de relutar.

Meu medo é perder o chão que piso.
A alegria por um olhar.
Tenho medo de me tornar adulta demais.
E um dia deixar de amar.

Se amar fosse ruim, até entenderia.
Só que amor de verdade é melhor que respirar.
É dor que faz sorrir, é cegueira que nos faz enxergar.
É deixar a alma dançar sem música, apenas pelo prazer de amar.

Ame!
Esse é meu conselho, melhor morrer de amor!

Beijos enormes,
Bárbara Castro.



Amor em suas variadas formas.. Importante é amar!

Não estão acostumadas!
Elas não sabem nada, nada sobre a vida.
Sobre o coração, a emoção e os sentimentos.
Aliás, elas sabem!
Sabem temer, odiar, sentir raiva e bajular.
Mas quem sabe amar?
Quem ousa amar a olhos nus e peito aberto?
Amar não é palavra ao vento, é dia a dia.
E as canções que nossos pais ouviam quando jovens, elas falam de amor e nunca saem de moda.
Eram letras poéticas, versos, romance, sentimentalismo.
Não posso ser sentimental hoje?
Preciso ser alguém amargurada para o mundo me aceitar?
Ah, quanto tempo eu levo para amar?!
É muito mais afirmação que uma pergunta.
Quando eu olho nos olhos de alguém e vejo seu sorriso transbordar e isso tudo faz meu coração disparar, então amei.
Amo, amarei, desejo ter pertinho, na minha vida, PARA SEMPRE!
E não posso amar um amigo assim?
Uma amiga do mesmo sexo?
Não posso ser carinhosa, abraçar, pegar na mão, ser gentil, educada, não posso dizer que amo em rede social...NÃO POSSO?
Posso sim, porque da mesma forma as pessoas declamam suas raivas, gritam aos quatro cantos, colam nas paredes seus ódios.
As pessoas estão perdendo o verdadeiro sentido de viver, estão trocando dúzias de ofensas por um simples gesto de amor ao próximo.
E eu, vou continuar destoada desse multidão que só procura ver o lado mal da história.
Quero amar e ser amada, não importa que seja um amigo, um namorado, a mãe, a tia, o primo, o cachorro, não importa, não importa.
Não coloque rótulos nas relações, coloque mais amor e vai ser feliz!

Beijos enormes,

Bárbara Castro.

Coração que chora.

Coração que chora, que chora de tanta felicidade.
Que aperta, que aperta sempre de saudade.
Demora, mas a hora é agora, é prazer e alegria.
Coração se apaixona, fica bobo e cego de amor.

Tão belo são teus olhos, meu bem.
Mas sorriso algum ganha da beleza que eu te tem.
Sou como um pássaro que sobrevoa sobre os campos de lírio
Toda vez que vejo você chegar.

Se está longe, coração apavora.
Dói demais a saudade que acumula.
Faz sofrer todo esse vazio entre eu e você.

Coração que chora, que chora de tanta felicidade.
Que aperta, que aperta sempre de saudade.
Chegou nossa hora, de amar um ao outro.

É, coração, meu bem viver, fica pertinho pois só quero você!


Deus nos abençoe,
Bárbara Castro

Jogar lixo no chão é falta de educação!

Imagem do Google - site Jornal Opção, SP.
Chuva!
Que lava a rua imunda.
Papeis que escorrem entre os ralos.
De balas, de cartas, de bilhetes?
Tanto faz!
Quem suja a rua com insignificantes papeis merece mesmo um banho de lama.
Um pé na poça d'água, um grito para acordar!

Não reclama se o carro alagar, se o ônibus parar, se o trânsito piorar.
Jogar lixo no chão é como dar um tapa na cara sem mão.
Dói ter as ruas alagadas e, às vezes, até as casas.
Quando os bueiros não dão conta de segurar a tua falta de educação,
Eles gritam, gritam forte, gritam água empossada.

Jogar lixo no chão é falta de educação.
É também sem noção.
A prefeitura pode ser falha, com a falta de lixeiras ou a coleta mal feita.
Mas não me venha dizer que não jogar no chão é tirar o emprego de um cidadão.
Não! O Gari vai trabalhar do mesmo jeito.
Tua necessidade errônea é que vai perder o direito.
Direito de reclamar.
Direito de ir e vir.

O lixo que tu joga no chão escoa com a água, suja rios e faz estrago, a cadeia alimentar é também prejudicada. Aos poucos você perceberá que as ruas não são lixeiras ao ar livre, são teu caminho, tua trilha, teu percurso.
Apoie a causa, guarde seu papel de bala no bolso e jogue na primeira lixeira que encontrar!
Seja consciente, cuide do meio ambiente!


Beijos enormes,
Bárbara Castro.


Já dizia o poeta : A amizade é um amor que nunca morre (Mário Quintana)

Que riso, que tipo, que infinito?
Amigo!
Palavra sem rima, sem tema, sem eira nem beira.
Amigo!
Cada um que já chamei assim leva consigo um pouco de mim.
Mesmo eu não sendo O Pequeno Príncipe.
O vento que sopra na janela, a chuva que respinga no chão, a nuvem carregada.
Amor, saudades, beijos e abraços apertados, carinho e atenção. Cuidado!
Isso é amigo!
Nunca abri mão, mas aprendi a deixar voar, sem gaiolas ou pressão.
Amigos, de muitos eu sinto falta.
De todos eu quero lembrar, sei que nem tudo é para sempre, sei que o tempo passará.
Hoje falo com convicção, que sou um pouco de cada um.
Dos amigos que tive no Sesi, no Anísio, no Rio, na vida, na rua, na religião.
Amigos que deixei na despedida há 10 anos atrás.
Amigos que fiz a pouco tempo e parecem eternos.
Amizade é riqueza para poucos que sabem valorizar.
Já dizia Quintana: "Amizade é um amor que nunca morre"
Não nascem para rimar, são cultivadas no dia a dia.
Algumas serão eternas na convivência, outras apenas em pensamento.
Pois quem ama um amigo nunca o esquece.
Mesmo que o tempo passe, mesmo que o orgulho consuma tudo,
E mesmo que tudo seja contra, amor que é amor é sem vergonha!
Aos meus amigos, a todos que tive e tenho e também aos que terei:
Vocês são parte do que eu sou, são um pouco do que desejo ser, são meu maior tesouro que nunca desejo perder!

Um beijo enorme a todos meus amigos, novos e velhos, eternos!
Que Deus nos abençoe!
Bárbara Castro.



Feliz Aniversário

Ah! Como seria se pudesse escutar Bethovem em sua nona sinfônia? Ou Chipin em alguma canção, se pudesse curtir Elis Regina ao vivo ou Freddy Mercury exuberante.
É, não sou qualquer eclética, sou como uma brisa leve que toca suave um rosto ou uma leoa que luta pelo que ama.
E hoje eu amo a vida!
Amo a idéia de ser eternamente feliz e fazer feliz quem está a minha volta, amo saber que cada novo ano eu não apenas vivo um dia após o outro, eu aprendo lições. E este último ano aprendi a amar sem receber em troca, sem reciprocidade.
Aprendi a me abrir para novas amizades, e como eu me sinto rica por isso: amigos, vocês são meus tesouros!
Família, vocês são minha base!
Deus, tu és minha Fortaleza.
Sem esses ingredientes não teria graça, dia, vento, ar, não teria riso ou amor. Seria um grande vazio..
E vazio nesse instante é só meu estômago gordo e sedento por comida,por que o coração, ah, ele tá abarrotado!
Tá radiante, tá cheio de vida, tá feliz!
Obrigada Vida, por cada caminho que percorri e cada detalhe que apreciei, especialmente os sorrisos pelos quais me apaixonei. E são tantos, muitos!
É primeiro de dezembro, dia de bala e muito abraço, não é presente físico que preenche meu dia, mas o carinho, o amor, um olhar, um riso, uma lembrança.
Feliz aniversário para minha mãe, meus amigos e família. Não seria ninguém sem vocês!

 Beijos enormes,
Babi.


Não sou manipulável!

Muitos enganos eu vejo desde quando nasci.
E olha que nem faz tanto tempo assim.
Sou jovem! Garanto!
A vida me ensinou a amadurecer, sozinha, no silêncio, no escuro, sem palcos.
Timidez? Talvez.
Dos enganos que cito, nenhum é exterior a mim.
Falo dos erros comigo e meus.
Das horas que pulei um degrau da escada tentando subir com mais rapidez.
E dos roxos nas canelas que ganhei!
Nunca gostei de ser posta como garota inocente, pois isso eu nunca fui.
De criança a idade adulta, sempre fui observadora. Aprendia só de olhar!
Olhar treinado, ouvidos aguçados e a boca que mal abria.
Melhor o silêncio do que a palavra mal dita ou maldita.
Triste foi ver ao longo da vida pessoas que achei que me conheciam,
achando que eu era o contrário, o avesso, a manipulável.
Criança inocente, não sou eu que abstive dos meus próprios pensamentos.
Foi você que escutou do vento um sopro e cegou, pois nem lembrou quem fui para ti.
Ou mesmo, quem ainda sou.
Mas a vida ela não para, não deixa de girar enquanto a dúvida vem.
E eu decidi caminhar avante, sem nem olhar para trás.
Se a vida vem me proporcionando dias de paz, eu resolvi aceitar ser feliz.
Enquanto você - presa na ignorância do outrem, na verdade que disseram ser sua, na sua camisa de força mental, nas amarras ou tapumes - vive acorrentada numa ideia infiel e a vida só lamenta.
Assim como eu!
Mas nem tão pouco eu me importo, fico triste pela situação, mas hoje levo no peito a alegria do amor próprio e da auto confiança, da cabeça leve e consciência tranquila.
Falem, digam, incitam, gritem, berrem, apontem, batam... Mas não me esperem na platéia!
Prefiro ler um livro a sombra de uma árvore!

______________________________________________________________________________

Se toda vez que me sentir como estou hoje eu escrevesse.. possivelmente que só escreveria uma vez por mês, e iria precisar de mais de um ano!

Beijos enormes,
Bárbara Castro






A natureza chora lama - rompimento da barragem



É lama!
O que corre nos rios e mata os peixes.
Da barragem de rejeitos de uma mineradora.
Não tem nenhum culpado? É natureza, é destino?
O rio que corre, não para, como dizia Heráclito:
Ninguém banha na mesma água do rio duas vezes.
Mas agora nem água tem, e os peixem estão indo embora.
A lama que corre no mar capixaba também tem rejeitos de outrora.
É dor dilacerante de ver.
Não é físico ou material, não é casa destruída, nem quintal.
É lama!
Pura e simplesmente, lama o que tem matado o meio ambiente.
Lama de rejeitos!
E o rio para onde está correndo?
Porque ele não para e está se espalhando, enquanto você procura um culpado.
É lama, é rejeito, é descaso!
Políticos, donos dessa barragem, convido-os a encher o copo e beber!
Saciem suas sedes e bebam um pouco dessa dor!

Beijos enormes,
Bárbara Castro.
_________________________________________________________________


USA ou VALORIZA.

Roupa, sapato, cobertor, louça, celular, objetos!
Usa, desusa, doa, guarda, dar, empresta!
Pessoa, cachorro, gato, Ser!
Sem querer você empresta, querendo você usa, precisando você procura.
Sabendo você deixa, gostando você aproveita, sofrendo você aprende.
Ninguém quer ser objeto, apenas Ser, com s maiúsculo e p de Pessoa.
Sentimento que guardo no peito, honestidade.
Ninguém tem direito!
Obrigação? Também não.
Quem não sabe administrar o coração e os amigos, também se perde.
Perde aquele que quando namora deixa os amigos de fora.
E quando termina, procura-os. Uso? Poder? Donos?
Estranho é querer ter o que desperdiçou.
Dar valor ao que não mais tem, estranho é querer achar quando se procura.
A vida anda, meu bem. Enquanto você deixou de lado, um outro Ser sentimental ganhou.
A saudade não apaga as lembranças, nem tão pouco o que se viveu.
Mas a distância que foi imposta ela afasta, bem para longe, cada vez mais.
Usa, doa, venda, empreste: o objeto!
Aprecie, ame, valorize, cultive: o Ser!

Beijos enormes,
Bárbara Castro.
_____________________________________________________________________________

Deixando claro que não falo sempre sobre meu momento, apenas deixo as palavras fluírem!

Boa tarde!!!




Ilusão - Mundo da Alice - Vida

Ai vida!
Tão bela e perfeita, tão suave e ilustre.
Enquanto uns se entregam com sentimento,
Outros nem sabem amar, iludem o próprio ego, brincam de acreditar.
A vida não é apenas feita de presente ou futuro,
Tem que haver um passado, uma raiz. Não adianta querer apagar!
Vergonhoso é o ato de desejar esquecer o que se viveu, é até um pouco ilusório.
Se o ontem não está presente, não significa que não existiu.
Sei reconhecer que foi bom, e se foi bom preencheu páginas da vida.
Mas nunca cuspa no prato que você comeu, nem tão pouco na cara de quem te deu a comida.
As vezes é bom esclarecer, que o prato que me refiro pode ser um carinho ou atenção.
Pode ser até cuidado ou bem querer.
Oh vida!
Oh mundo!
Tão perfeito é tua curva, tão redondo é tua forma.
Uma hora tudo gira, e a ponta solta volta.

_________________________________________________________________________

Ilusão: 1.Engano dos sentimento ou pensamento. 2. O que se nos afigura ser o que não é. 3. Esperança irrealizável.

Outro dia eu pensei o quanto somos pequenos diante dos ensinamentos, o quanto ainda necessitamos aprender, corrigir, crescer. Tão mais fácil acreditar que somos bons, ter uma autoestima elevada sem a percepção dos fatos. Acho bonito uma pessoa que crer em si mesmo e sabe que pode ir além, mas se não houver equilíbrio com a humildade, o além não deixa de ser um passo, um palmo, uma ilusão.
A vida te ensina todo dia a ser melhor, com amor ou com dor. 
É como se ela fosse um livro, uns a julgariam pela capa, outros leriam sem interpretação, outros aprenderiam na teoria e pouquíssimos na prática. Aí que está a diferença! Qual leitor nós somos?

Que seja longo cada dia, para o aprendizado.
Curto, para a dor.
Infinito, para o amor.

Beijos enormes,
Bárbara Castro.

Programação louca para fim de semana e feriado!

Fala galera, animação aí?

Fim de semana chegando, vim me arrastando até aqui mas aguento um dia a mais. Para quem está pelo Rio de Janeiro, a promessa é de chuva, então melhor nem cogitar praia e bronzeado para não criar expectativas. Vou dar uma ideia a todos: Quando criança eu desenhava o sol do lado de fora de casa e uma ou duas vezes deram certo, ter fé meus amigos!

Mas quem falou que fim de semana prolongado é sinônimo apenas de praia? Ou laje?
Eu curto passeios culturais e a agenda está cheia, mas o bolso continua vazio, então não sei se vou sair de casa ou ficar dormindo. (risos)
Só que decidir contar para vocês um pouco do que faria se pudesse financeiramente. (apesar que acho que ainda tenho umas moedinhas no cofre...) vai que alguém se anima aí e me convida, companhia é companhia, não tem valor que pague, ou seja, é de graça!

Então vamos lá..

Para começar tem exposição super animada e empolgante, para todas as idades, no Centro Cultural Banco do Brasil - CCBB - e detalhe, quase tudo é gratis. Estou loucamente querendo ir ver Castelo Ra tim bum! É uma pedida, eu estive lá quando estavam montando os cenários e já fiquei bem animada, aliás, sorte a minha que tirei foto nesse dia com o 'Nino'.

Caixa Cultural no largo da Carioca também está bombando, tem uma exposição lá que estou querendo curtir, chama-se 'Veia' de fotografias. Mas se liguem que tem muitas atrações e até alguns curtas-metragens, além de tudo a arquitetura do prédio é um privilégio!

Hoje, sexta-feira 30, para quem curte um forró, vai rolar no MAM a partir das 20h, corre para lá que é um ótimo Happy Hour! Hoje não tenho aula, mas vou lá na faculdade e aproveitar para rever meus coleguinhas e uma amiga especial que tá na turma de hoje, acho que vou assistir uma aula deles!

Terá na Praça Mauá amanhã 31, Festival do Porto. O lugar está lindo, quem ainda não conheceu corre lá que não se arrepender! UM ESPETÁCULO A CÉU ABERTO! E de quebra o frescor do ambiente. Para o dia, patins, skate, piqueniques e tem o MAR, com aquela visão privilegiada de toda a praça Mauá.

Agora se quer se deliciar com frio, se aproximar da natureza, seguem inúmeras trilhas fáceis, só não dá muito para curtir se houver chuva, então é melhor ver a previsão do tempo. Mata fechada com chuva é uó!
Mas tem o churrasquinho de beira de estrada na subida da serra! Melhor não há!!! rsrs... Lugar simples, uma quedinha d'água por meio de canos, mas duas piscinas de água de cachoeira limpa e gelada...(frio de bater os queixos!) mas dá uma descarregada da energia que só Deus! E o churras lá é maravilhoso, o pão de alho então... O melhor! Não é caro, não chique, mas é um lugar de boas energias. Subir a serra e não curtir uma parada lá é igual pular de asa delta de olho fechado (o que provavelmente eu faria por medo).

O importante é ser feliz, então se não curtiu nada, não gostou da prograação, se pesquisou e não encontrou nada interessante ou se prefere curti esse tempo nublado em casa, tem NETFLIX, tv a cabo, Internet, livros, ... Eu sempre curto fazer nada também!

VAMOS SER FELIZES QUE A VIDA É CORRIDA E OS DIAS NÃO VOLTAM!

Beijos em todos e segura a minha felicidade e compartilha aí!
Beijos enormes,
Babi.

Homens x Mulheres

Eu amo os homens, todos, todinhos sem exceção!
São práticos e diretos, não são como nós mulheres, que rodeiam sobre um assunto ou enganam a si mesma. Sempre procuro um vendedor homem quando vou a uma loja, são bem mais atenciosos que o sexo feminino.
Eles se preocupam em cumprimentar, perguntam se estamos bem, indicam as cadeiras para sentarmos.
Amigos homens, eu nunca tive muitos, mas os poucos que eu tive (os nãos gays) eram sempre sinceros e sem enrolação. Mulher gosta de complicar, gosta de inventar história, de parecer melhor que a outra, ter o cabelo mais bonito, a roupa mais TOP, gosta de rivalidade , homem não! São parceiros, unidos, eles sabem até dividir opiniões, ok! Menos quando se trata de futebol!

MAS POR QUE ELES SÃO TÃO EXAGERADOS? SE ADOECEM PARECEM QUE ESTÃO MORRENDO!

A fragilidade que parece ter o sexo feminino está totalmente embutida no sexo masculino, eles gostam de um drama de vez em quando, se ficassem um só dia menstruados era um genocídio. Muitos morreriam com aquela cólica forte, dores nas panturrilhas e nas costas, seria como levar um chute no saco, popularmente falando, a cada 1 milésimo de segundo. E a TPM? Seria possível resistirem a essa sensação horripilante que transforma nosso humor em uma vontade sangrenta de matar alguém? Será que eles se conteriam como nós, resistiriam a vontade de esganar ou xingar o chefe olhando nos olhos como fazemos quase todo mês? (Falo no caso da TPM mais avançada, só a tive em três vezes em toda vida!)
Somos mesmo a união de duas almas, um só corpo, uma só emoção. (Não estou debochando!)

Lembro do meu pai resfriado e tantos outros homens que já conheci quase em luto pela própria alma por que estavam com coriza, mas ainda assim não consigo pegar o carro das mulheres no metrô ou trem, é extremamente desagradável encostar em uma e logo ver que ela quer brigar, ouvir suas vozes ensurdecedoras e sem parar, assunto não falta, todas tem uma amiguinha para falar mal. Homens não! Costumo ouvi-los na minha aventura casa x trabalho x faculdade x casa quando falam de carro, trabalho, mulheres, notícias, e muitas vezes já os vi defendendo a própria raça.

Apesar de toda essa melodramática deles, ainda são mais companheiros e amigos que nós!

Prefiro os homens, por isso não tenho a menor pretensão de ser lésbica, mas deixo claro: NÃO SOU HOMOFÓBICA, admiro mulher que gosta de mulher e também os homens que gostam de mulher. É osso viu?

Nosso poder estar na mente e no coração, então espero que nenhum palhaço venha achar que estou supervalorizando-o, homem não é quem nasce com algo entre as pernas, e sim quem sabe cultivar um jardim.


Bom, o texto não iria evoluir e ainda que tenha evoluído não está do meu agrado, mas vou publicá-lo assim mesmo, não tô aqui para ficar agradando ninguém, mas espero que alguém goste do desenrolar.
Obrigada as meninas que leram o trecho inicial e pediram o restante, sei que pode não ser o que gostariam, foi o que consegui.

Beijos enormes,
Bárbara Castro.

Casamento Perfeito X Realidade

Casar ou se jogar do precipício?
Chapolin Colorado diria: "Não criemos pânico!"
Se tem uma coisa que desde criança eu vejo como lenda é o tal casamento perfeito.
Não estou aqui para chorar as pitangas, nem casada eu fui.
Mas o nosso maior problema é acreditar numa perfeição ilusória. Depositar essa perfeição em alguém.
Casar é entrelaçar as mãos, abraçar a alma, casar é unir dois em um. Não é e nunca foi só festas, igrejas e flores.
Só vejo por aí gente buscando vestidos lindos e únicos, por que imagina que você resolve alugar um vestido e topa com alguém igual? OH DESASTRE!!!

Não! Esse casamento eu não quero! Nunca quis igreja e flores!!!
Quero sol, pés na areia, quero liberdade e convite simples. Você veste o que achar que deve vestir!
Mas te peço, se um dia te convidar para meu casamento não apareça triste, mas pode aparecer nu.

Casamento é troca, é parceria, é desafio!
Você se desafia todo dia quando encontra a toalha molhada sobre a cama ou as calcinhas no box. Não é fácil conviver com ninguém, até com o próprio filho os pais têm problemas de convivência.
Vai entender essa sangria por casamento! Tem que ser muito louco pra querer! (Louco de amor)

E é nesse ponto delicado que chego... Amor!
TEM ALGO MAIS LINDO?
Eu sou uma eterna apaixonada, as vezes me apaixono pelo vento, pelo sol, pela maneira que alguém pisca, pelo movimento do sorriso, pelo som da voz, pelo jeito carinhoso, pelas mãos, pés, sou apaixonada por detalhes que a família, amigos e a vida tem.
Mas casar, morar junto, me jogar do precipício? Com esses conceitos que a sociedade ver, eu não quero!
Enquanto isso eu vou amando..

Acredite sim que possa ser perfeito, mas mude primeiro, reconheça seus erros, seja mais dedicado e compreensivo, seja a principal mudança. Quando buscamos a mudança do outro, estamos nos desgastando e fragilizando a relação. Isso é para qualquer relacionamento!
Casamento não é disputa é equipe!

Beijos enormes,
Bárbara Castro.

Desafios - Sempre me dão mais força.

Desafio é o que me move desde a corrida intensa ao óvulo!
Ok! Ok! Não me recordo deste momento, mas certamente eu ganhei a 'parada'. Cheguei primeiro!!!

Foram os desafios que me fizeram caminhar, e são eles que me fazem ser quem sou até hoje.
Quando criança meu primo tinha um péssimo gosto de cultivar medo em nós, os mais novos. Eu lembro que ele pegava lagarto, barata, ou qualquer outro inseto para nos assustar. Até o momento que eu parei de correr e disse: JOGA, POR QUE EU NÃO TENHO MEDO! 
Também recordo dos tempos de escola, quando tirava uma nota baixa. Eu excluía da minha vida até as novelas viciantes para 'comer a matéria', melhor reviravolta foi na prova de Biologia, quando eu me dediquei tanto que era capaz de dar aulas a professora (Claro que estou exagerando, mas eu estudava toda a matéria antes de ser aplicada em sala).

O meu desafio principal desde sempre foi ser uma pessoa melhor a cada dia, acreditar em mim e na minha capacidade de ser cada vez mais. Talvez o maior desafio seja esse, acreditar que posso. 
Sou uma sonhadora de pés nos chão, uma viajante sem bagagem, sempre buscando equilibrar a razão e a emoção. Juízo? Sempre tive de sobra, até pedi a Deus que me tirasse um pouco e desse para alguém deficiente. (risos, acho que ele me concedeu) 

Hoje o desafio maior está sendo morar sozinha, cuidar de uma casa e um cachorro, trabalhar de 8 às 18h e cursar faculdade até as 22h. Sem parente para ligar e perguntar se estou bem (apesar que nem atendo o telefone fixo) sem ter alguém para desabafar quando chego cansada ou para preparar uma comidinha de vez em quando. Comer então virou quase uma raridade! (Acabou aquela fase que eu só pensava em comida, hoje em dia eu não tenho prazer nenhum em comer sem companhia, já basta almoçar todo dia só, isso quando almoço) Ok! Ando meio cansada e talvez carente, me desafiando a dias melhores, a acreditar que esta fase será melhor amanhã, que o esforço valerá a pena, que logo a casa estará cheia, que os dias serão rápidos e a faculdade será uma recordação, um baú de preciosas amizades e aprendizado, uma porta para o futuro. Hoje em dia é lá na faculdade onde me sinto mais feliz e realizada, é reconfortante ter isso antes de dormir, mesmo que as notas não estejam muito boas para o nível que eu estipulei, mas o desafio é recuperar!

Eu me desafio todo dia, corro contra o tempo se necessário, e quanto mais dizem que vou cair, mais eu corro para vencer! Quanto mais a vida parecer difícil, mas forte eu fico. Já resisti coisas muito piores, muito mais tristes, isso tudo aí é pinto.

Beijos enormes,
Estímulos crianças, só vence quem acredita em si. Vou acreditar, vamos!
Fiquem com Deus,
Babi. 




Ser humano - O pequeno principe - Vida

E no final do dia eu percebo o quão é valioso cada detalhe desta vida.
O livro de criança para adultos mais conhecido do mundo (O pequeno príncipe) já citava muitos trechos sobre esses detalhes que passam despercebido quando nos tornamos adultos.
Mas o que me traz aqui a esta hora, além do silêncio valoroso, é uma discursão íntima na qual sempre acabo chegando.
O ser humano !

No dicionário humano significa: adj (lat humanu) 1 Que pertence ou se refere ao homem. 2 Humanitário. 3 Bondoso, compassivo, caridoso. sm pl O gênero humano, os homens, os mortais.

Com essa simples tradução do que significa esta palavra eu já me faço uma pergunta peculiar, somos humanos? Sabemos ser? Tentamos?
Meu cachorro todo dia vem pular quando abro a porta, e apesar da casa está toda mijada eu o acaricio e digo que o amo. Hoje somos apenas eu e ele! Mas quando choro, me sinto triste, quando preciso de carinho ele vem sem nem imaginar o que se passa na minha cabeça, ele não pergunta, não critica, não julga, simplesmente me olha com aqueles olhinhos pretos contornados a lápis de Deus. Com isso sempre penso que ele é o humano e não eu.

Quantas vezes nos deparamos com alguém que só busca atenção e esnobamos? Mas quando esse alguém é eu ou você, nós sofremos por estar sozinho, jugamos o outro por não nos ajudar, dar carinho. A questão é: Quando criança um minuto é uma vida, quando adulto a vida é um minuto. É tanta correria, tantos desencontros, tantas desilusões, tantas decepções. O mundo não para de girar para você chorar em paz, não! Ele continua girando e girando. Enquanto isso, você adulto, corre. Esquece de dar bom dia para o porteiro, o motorista do ônibus, esquece de pedir desculpas pelo tropeço em alguém, e finalmente, você se estressa por que pisaram no seu pé no metrô super lotado.

Então, paramos para respirar!
Ou não!

As vezes eu tento imaginar o que faria se ainda tivesse 8 anos. Era uma garota muito boa e inteligente, eu era capaz de saber todos os noticiários da atualidade, eu comia livros, jornais e revistas. Era muito viciada em ler. Celular nem existia na minha vida. Olho no olho era minha melhor mensagem instantânea. Sempre fui carinhosa, sempre fui amorosa, gostava de alguém pelo simples fato da sua existência. Hoje me sinto um tanto longe disso tudo, quando olho para a minha volta e vejo o quão a vida me transformou em uma pessoa orgulhosa (no sentido de não dar o braço a torcer), algo que jamais havia sido. São detalhes como aborrecimento tolo, discursões ridículas, teimosias, intriga, fofoca. Quando se tem a alma adulta também se pode cultivar a criança dentro de você!

Não deixe que ela se vá!

Pois as melhores coisas da vida só se ver com o coração.

Beijos enormes,
Bárbara Castro.




In memoriam

Nunca lembro de datas, tão poucas das que deixam saudades. Lembro sim das cenas que detalham a vontade de voltar no tempo.
Das mãos firmes segurando as minhas, lembro das unhas que já não roia, da noite anterior tão próxima.
Lembro da latinha de Sukita, do modo como ele colocava o canudo (hoje faço igual).
Era preciso congelar o tempo para não esquecer alguns momentos, mas nunca esqueço um só gesto dele.
Era meu protetor, mais forte homem que já conheci, nós tínhamos uma união incrível, pareciam dois meninos ora, pai e filha.
Pai, se rezar para ti fosse como te trazer de volta, já estaríamos juntos novamente, mas compreendo que o que mais desejo é luz no seu caminho.
Poucos sabem como fostes, poucos entenderão tua audácia. (Mas não o julgo)
Fez nublar todo meu céu estrelado, mas hoje eu sei que nada disso importa, senão o amor.
Aquele beijo que te trouxe pra mim, aquele momento que aparecestes tão rápido, dos olhos tão próximos dos meus, eu soube que era seu momento de despertar.
Que as rezas que fiz para oxalá, Deus, Jeová, e amigos espirituais foram atendidas.
Hoje sinto você no céu, no nosso lar, na colônia, na paz.
Te amo meu pai e sinto lamentar, pois de vez em quando sinto falta de ar, choro que corre desenfreado, falta do teu colo e proteção, mas nunca esquecerei que foste tudo na minha vida.
São o que, 11 anos? Já nem sei como contar..
Só me lembro da sua alegria, tua face a sorrir, lembro das tuas mãos e teu jeito menino.
Isso que quero lembrar, de ti sempre comigo!

Meu pai foi um cara excepcional para mim, um pai super protetor, cuidadoso, amoroso. Ele não faleceu de fato em 30/09, mas infelizmente foi um dia muito triste para mim então considero sua ausência a parti deste dia, e não em 03/10. Eu sei que por tudo que passei, nunca passei sozinha, e com tudo que aconteceu eu amadureci de uma maneira surpreendente, agradeço a Deus por me guiar sempre no bom caminho e me mostrar que ainda posso mais, basta acreditar e querer. 
E assim, minha missão continua.. (Espero verdadeiramente ter te ajudado de alguma maneira, pai).

Beijos enormes,
Bárbara Castro.


Amigo e protetor - TR .

Eu lembro quando o vi,
Quando passou por mim.
Lembro que me encantei,
E por ti me apaixonei.

É um amor que não sacia pela carne
Nem tão pouco é ilusão
O que sentimos um pelo outro
É o querer bem, é proteção.

Do movimento que tu fazia,
De outras vidas te reconheci
Não era possível tanta sintonia
Entre eu e você naquela cirurgia.

Mas um dia eu te contei,
Do amor que eu ganhei,
Desde então você não me deixa
Na solidão sem ter ninguém.

Amigo do peito,
Senhor, te respeito.
Obrigada por estar sempre comigo
Por lembrar de mim.

Um dia você me contou
Que iria me proteger
Me dar um presente
Mas eu só quero você, na minha vida eternamente.

Feito para um amigo especial, que está sempre comigo me dando proteção.
Não saberia agradecer diferente, mas é com muito respeito que te agradeço meu amigo.
Por ser e estar tão presente na minha vida.
Também te desejo luz para seu caminho, por que somos essa troca de energia, como você disse uma vez: "Eu preciso da sua energia aqui comigo" pois eu também preciso da tua!

Beijos enormes,
Bárbara Castro.


Joana - Minha mãe e musa inspiradora -

Jóia da minha vida, inspiração do meu viver.
Olha por mim todo dia, cuida do seu bebê.
Amor, contigo eu sei que vou estar.
Nenhuma distância do mundo vai nos separar.
A Deus eu peço todo dia para o meu lado você voltar.

Quem tem uma mãe como a minha, deve aprender a amar.
Um amor sem limite, que faz tudo mudar.
É ela que me direciona em cada passo da vida.
Minha deusa, minha rainha, obrigada!

Pela pessoa que sou,
Entre tudo que aprendi
Agradeço muito a ti
Pela dedicação e amor.

Por ter me criado sempre com liberdade,
Na confiança da nossa relação.
Entre nossas diferenças inúmeras
Nos completamos, somos um só coração.

Seu sorriso é meu encanto
O teu jeito dançante me faz feliz,
Me apaixono toda vez
Que teus olhos sorriem .

Beijos enormes,
Bárbara Castro.

Texto dedicado a minha mãe, a pessoa que me ensinou a externar meus sentimentos, quem com cuidado e carinho me mostrou que eu poderia ser mais. Mãe a maior lição de tantas muitas foi sobre o amor, sobre nunca ter vergonha de amar e dizer isso a alguém. Levo comigo isso todo dia. Hoje eu amo e grito ao mundo como se pudesse ofuscar todo o ódio exaltado por aí.
Te amo eternamente!




Be happy!

Cante enlouquecidamente
Invente, transborde.
Não existe felicidade maior que a transmitida no ar, como um vírus.
Que perturba e tira o sono do inimigo.
Mas por fim, o vence, o faz feliz.
Arrisque-se e vai em frente!
Domine o mundo a sua volta.
Ame mesmo quando desejar parar.
Nunca se perde amando.
Quem perde é quem não sabe amar.

Boa noite a todos, hoje eu fico por aqui.
Um textículo só para dar um sono mais pesado para eu ir dormir. (Ambiguidade zero, por favor).
Beijos enormes,
Bárbara Castro.

PS. Não esqueçam, "Melhor ser alegre que ser triste". Transmita isso a sua volta.

A menina que gostava de ler.

Corria como uma brisa suave, aquela menina faceira
Cheia de tantos encantos.
Sorria sempre como um anjo,
Com os olhos enormes que tinha.

Menina levada, arteira.
Gostava de ler e estudar.
Sonhava em ser jornalista
E um livro poder publicar.

Sua atividade preferida
Sempre foi ler um bom livro
Trocava brincadeiras e festas
Por novos capítulos.

Diante de uma tragédia,
O livro foi seu melhor amigo.
O pai que o tinha como herói
Estava se despedindo.

As noites já não tinha pesadelos,
Por que não tinha quem chamar
Foi forte diante da mãe
E sempre procurou a amar.

Nunca foi perfeitinha
Buscava aprender a lição
Que a vida passava todo dia
Como numa televisão.

Atenta, ela cresceu.
Aprendeu a observar.
Descobriu que quem impõe limite
Nunca sai do lugar.

Hoje, uma mulher - menina
Ainda com algumas características.
As mesmas de quando criança
E modificações infinitas.

A vida soube ensinar!
Difícil dizer se ela soube aprender.
Um dia levanto a questão
E conto em um dos capítulos
Do livro que ela lançar.

Bárbara Castro.
_________________________________________________________________________

De um tempo para cá, não sei se me exalto numa corrida pelo sucesso ou se pelo fracasso, mas vale mesmo tentar. Por que a vida nunca foi para quem tem medo de arriscar.

Beijos enormes,
Fiquem com Deus.
Bárbara Castro.





O tempo passa..

As horas, de certo, passam.
É a única certeza que temos, do tempo que nunca para.
Água corrente pode ser bloqueada.
O Sol se põe ao fim da tarde.
A lua pela manhã vai embora.
Mas as horas nunca param.

É correria demais!
Pensamento vago, agonia sem fim.
Cabeça em perigo.
Quem disse que viver é fácil?

Nunca pensei que o vazio completasse algo.
É como um nada preencher um vácuo.
Que sensação estranha!
Acho que estou cansada, já nem sei o que pensar.
Delírios e esquecimentos.
É o trabalho, os estudos e o lar.

Cachorro pede atenção, e eu só quero ganhar.
Não sou egoísta, não.
Mas vivo a sonhar.

O tempo passou tão de pressa,
Nem deu como parar.
Hoje já não sou mais aquela menina,
Que sonhava em amar.

Quem sou, já nem sei explicar.

Beijos enormes,
Bárbara Castro.


Texto extraído dessa minha mente delirante, que tem como válvula de escape as palavras..
Desculpa não sair tão bom, eu ando meio cansada para pensar.

Amigos, novos e velhos, amo a todos!

Costumo dizer que, ou nasci muito sortuda ou Deus me fez cega, tenho os melhores e mais lindos amigos do mundo. É impressionante como cada um tem algo peculiar a ser explorado. É mágico e faz um bem enorme para mim.

Estar envolvida por tamanha beleza, seja ela de qualquer tipo, é o que chamaria de ‘explosão de brilho’, não como um pote de purpurina sendo derramado (risos), mas o brilho próprio de cada um numa junção de todos. Não saberia explicar diferente, é como se todos pudessem se encontrar e a beleza mais nítida ofuscasse olhares contraditórios.

Eu sempre fui muito romântica com meus amigos, talvez com os namorados não tenha sido nem 10%, mas acredito que um amigo é algo para vida inteira. (Lembrando que, alguns se dispersaram, seguiram novos caminhos, excluíram-me das redes sociais, tentaram me esquecer) mas só de sacanagem eu lembro deles TODO DIA, se um dia os amei, amor meu não acaba assim, ainda amo. Mas não vou me torturar, só faço questão de lembrar sempre dos bons momentos e seguir de cabeça erguida e coração aberto, foi assim que conheci cada amigo hoje presente em minha vida.

A todos que passaram ou passam e, especialmente, aos que permanecerão em minha vida, dedico uma trajetória brilhante e iluminada, um caminho próspero, uma alegria sem fim todo dia quando acordarem, um motivo a cada segundo para sorrirem, desejo que todos sejam sempre tão lindos por dentro e por fora e que conheçam pessoas que enxerguem isso, que os ame pelas suas essências e não estilo de roupa/cabelo/status/etc.

Eu amo a vida e tudo que ela me proporciona, consequentemente, acho que também amo vocês, novos, velhos, eternos.

Beijos enormes,
Fiquem com Deus.

Bárbara Castro.


PS. Texto dedicado de uma maneira muito especial a minha melhor amiga Camila Lima, e inspirado pela minha nova amiguinha, de poucos dias, Letícia Lima. (Não desejo mais conhecer nenhuma Lima, por favor!) Rs

Vida - Mais um capítulo.

O Saber é maior arma que um ser humano pode vir a utilizar.
Essa semana as aulas todas foram envoltas desse tema, direta ou indiretamente, buscando nos conduzir pela essência do conhecimento. 

A vida é como ler um livro, se você ler apenas para acrescentar mais um em sua lista de leituras, então talvez não tenha absorvido o conteúdo. 
De acordo com o dicionário online 'Michaelis.uol' SABER significa: Estar informado de, estar a par, ter conhecimento de; conhecer;  Ser capaz de distinguir ou de dizer; Compreender, poder explicar; Ter a certeza ou a convicção de; Dentre muitos outros.

 A cada novo paragrafo de uma leitura, uma nova fase inicia. Assim mesmo funciona com a vida. Muitos dirão que viver é a coisa mais simples do mundo. Mas não acho que seja, não tão simples quanto aparenta. É uma tática de sobrevivência entre uma guerra travada com nós mesmos. Pois sim, eu acredito que nosso pior inimigo está exatamente aí, dentro de nós. 

O Saber, é essa exemplificação direta do que realmente importa na vida. Cada um tem direito a fazer suas escolhas, lembrando que, delas que serão colhido os frutos. E se você tem muita fome, é melhor já ter começado o plantio.

Beijos enormes,
Bárbara Castro.


PS. Desculpa a falta de lucidez no texto, só acordei meio chateada hoje, com o coração em lágrimas. É triste ver que as pessoas se afastam de ti sem porque são incapazes de lembrar que te conhecem tão bem. Os outros, que se fodam, não ligo. Mas essa pessoa eu ligo sim, e fico triste sim, mas fazer o que? Vida que segue de consciência leve.


Morrer é..

O que é a morte?
Um viagem? Um fim? Ou o início?

Uma vez li sobre a morte de uma maneira bem peculiar, dizia que ela é um regresso do que já deixamos há muito tempo, mas como acreditar numa resposta concreta se ainda estamos vivos?

Por acreditar na doutrina espírita eu lido com a morte hoje diferente de quando 'perdi' meu pai. Naquela época eu só pensava em como sobreviveria sem ele, pobre egoísmo.  Sim, pra mim a morte não passa de egoísmo da nossa parte. Quantas vezes vimos alguém deitados sobre uma cama, com o pesar da dor, e desejamos mantê-los ali,  mesmo naquelas condições. Somente para nos satisfazer.
(Ok, você não deseja que ele permaneça sobre uma cama definhando, por exemplo. Mas infelizmente aprisionamo-nos uns aos outros pela presença física de tê-los ao nosso lado.)
Mas não culpo quem o faz, na verdade eu faço, você fará. Pois não sabemos lidar com esse assunto tão presente em nossas vidas.

Mas o que é vida, senão a ausência da morte?
Ah, precisamos aprender a viver para entendemos que a morte é o início, um ponto crucial existente pra todos nós.
Diz nas escrituras, "nenhuma folha cai sem a permissão de Deus" então ele sabe o que faz. Eu acredito nisso, e você?

Hoje, recebi a notícia da morte do irmão mais novo da minha madrinha, eu não tinha convívio com ele, mas me peguei chorando. Sim, chorei, chorei ao pedir que Deus dê conforto a família e abençoe esse irmãozinho.
Morrer é uma viagem, como dizia a novela?
Quem morre? Aquele que acabara de nascer ou quem deixa somente a saudade?

Eis uma pergunta a se estudar.

Beijos enormes,
Bárbara Castro.

Mente.

Não mente.
Mente.
Não, mente!
Ah, mente.
Submissa, isolada não é nada.
Não mente.
Invente, crie, planeje.
Ah, mente.
Cansada, exausta, desliga.
Mente!!
Religa, cultiva, explora.
Não mente!
Atrofia, para, retrocede.
Mente?
Espírito, pensamento, entendimento.

Power Off.

Escrever algo não significa compreensão instantânea, aliás, quando escrevemos desejamos que alguém, lá no fundo, entenda o que sentíamos naquele instante, ou talvez entenda como se fosse o próprio autor em um comparação do que vive. 
Esse texto o escrevi após um longo dia de trabalho e aula na faculdade, depois de um exaustivo trabalho mental, não me senti ao término do dia cansada fisicamente, pois seria capaz de dar uma corrida pelo quarteirão, mas o cérebro precisava respirar, precisava descansar e se restabelecer, então, mesmo acreditando que não era capaz de escrever ou pensar eu decidi escrever, ir além do que estipulei meu limite, e daí nasceu um texto, uma maneira de expressar o que sentia, loucamente. 
Não sou alguém excepcional, nem tão pouco profissional, não tenho currículos extensos nessa área, na verdade, escrevo como hobby, como prazer ou válvula de escape.  E resolvi publicar para guardar esse instante, essa sensação, este dia.  

Enfim, espero que alguém goste, não tanto quanto eu, mas um pouquinho que seja para fazer-se leitor até a última palavra. 

Beijos enormes, fiquem com Deus.
Bárbara Castro. 

Vó é como mãe - Meu tesouro!

Com os quatro filhos que tinham
O casal seguia com normalidade
Ela era a dona de casa como os padrões mandavam
E ele, o senhor, homem que trabalhava.

Aos poucos as vidas se entrelaçaram,
Com uma terceira pessoa.
O pai de família ganhou,
O amor da professora.

Os filhos perderam o convívio do pai
A mãe teve que trabalhar para fora
Ninguém recebia pensão
Nos tempos de outrora.

O último filho nasceu
Criado sem a presença do pai
Cresceu com dignidade 
Aquele jovem rapaz.

Todos os filhos cresceram 
Dignos e educados
Tiveram suas próprias famílias
E a mãe ficou um pouco de lado.

Ainda aquela senhora,
Criou alguns dos netos
Recebendo todos eles
Sempre de braços abertos.

Vivia subindo em árvores
Parecia uma criança levada
Precisavam ter cuidado
Com a senhora danada.

Quando lembro me orgulho, 
Da minha grande paixão. 
Hoje minha vó mora longe, 
Mas perto do coração.

Apesar de estar um pouco sem rima, e precisando de alguns ajustes, eu decidi publicar.
Não é uma história 100% verídica, pois não conheço exatamente os detalhes que foi a vida dela antes do meu nascimento, mas gostaria de homenagear uma das pessoas mais importantes da minha vida, minha vó paterna, que mora em Marabá-Pará e é ainda hoje alguém de muita força e fé.
Quem me ensinou o valor da fé, do acreditar. Quem me ensinou a rezar e conversar com Deus, quem me ensinou a humildade, e muitos outros valores. Quem me protege até hoje, mesmo de longe, que se preocupa, que me ama, e quem eu amo com toda a força da minha mãe.

Deus, obrigada por esta pessoa tão especial, a quem dedico muita saúde, aprendizado, paz, amor, felicidade. Que sua força recaía sobre ela em forma de saúde, a envolva com sua proteção e bondade, pois tu meu Pai, és nossa base e fortaleza. Assim seja.

Desculpa as palavras e texto extenso, eu me emociono muito quando falo da minha vó, guerreira nº 01.

Beijos enormes,
Bárbara Castro.











Mundo virtual x Contato visual

Nuvem que passa, que o vento leva
Formas que inspiram a imaginação
Menino do tempo que era criança
Brincava de adivinhação.

Hoje, o mundo mais ‘moderninho’
Criança não sabe o que é brincar
Nem pula elástico ou joga queimada
Interagir agora é teclar.

Na minha infância gostava de pique esconde
Hoje virou brincadeira de adulto
Pirraça e má educação
Fica sem tablete ou sem celular.

Não sei como isso aconteceu
Evolução é essencial
Mas perder as rédeas desse jeito
Virou um caos total.

Adulto não dá bom exemplo
Esqueceu-se das razões mais importantes
Vive no mundo da lua
Pensando no status virtual.

Eu amo a tecnologia, não diria o contrário.
Tento não parecer viajante desse mundo extraordinário.
Mas a cada passo dos meus dias não vejo outra opção.
Crianças e adultos no mundo da tecnologia perdem totalmente a visão.

(Eu falo dos sentimentos mais comuns, das idéias de viajar vendo a lua, dos olhos nos olhos, da mão na mão, dos risos compartilhados numa reunião).

A qual mundo você pertence? Eu, pertenço ao meu.


Beijos enormes,
Bárbara Castro.

Te amo (Pai)

Ah, se pudesse chorar, sorrir e cantar.
Como seria eu.
Ah,  se pudesse voar, correr e nadar. 

Como seria eu?
Se pudesse ser criança novamente, colorir e recortar, se pudesse falar com as canetas, criar famílias das revistas D'Milus, pular elástico ou brincar de barbie?
Como não sei, mas com certeza voaria, correria, seria a criança mais feliz do mundo de novo.

Dentre muitos momentos, nenhum é maior que a pizza na Praça, que o canudo na latinha de fanta, que os jogos de vídeo game, que as sessões de filmes, que os almoços aos domingos.  

Pois só seria criança novamente se pudesse ter você.
Ah, se pudesse voltar lá atrás, não teria voltado a roer as unhas, não teria brigado pra você levantar do sofá, não teria deixado você sair sem um beijo, e jamais teria sentido mal estar sem dar importância. 

Mas voltaria para um único beijo que até hoje me sobra... 

Beijos enorme,
Bárbara Castro. 

(Pensando numa das pessoas mais importantes da minha vida) 

Ânimo para a vida - Sou um vencedor!

A vida me ensinou a não reclamar, apenas confiar naquilo que Deus dar.
Oportunidades vem e vão, já a garantia é celestial.
As decisões sempre serão nossas, entretanto Deus não nos deixa a sós.
Diante dos problemas sempre haveremos de desanimar, mas o forte tem concepção que tudo vai melhorar.
Pode demorar um minuto ou duas horas, mas para eternidade nunca será.
Um sábio me disse que um dia é assim, o inimigo lança a flecha até conseguir.
E mesmo flechados deitamos ao chão, não por desanimo, mas por precaução.
E quando pensarem que nos abateram, nos erguemos de novo com a força de um guerreiro.
Não decidimos pela vingança, por que não somos tão pequeninos.
Lutamos com nossa própria ignorância e voltamos a ser meninos.
A vida te ensina a seguir em frente.
Então siga, vai longe, determine, acredite, tenha fé.
Quem pensa que perdeu, perdedor é.
Mas que luta a própria batalha, vencedor sempre será.
Siga!
Lute!
Vença!
A maior batalha sempre será contra nós mesmos!



Ânimo meus amigos, as vezes a vida pode parecer difícil, as escolhas impossíveis e tudo devastador, mas quando menos esperarmos teremos vencido mais um obstáculo com muita fé.

Beijos enormes,
Bárbara Castro

Viver é .. ser capaz de sacudir o mundo.

O maior erro do ser humano é se importar com a opinião alheia, é valorizar o gesto intimidador de um dedo apontado quando a liberdade se esvai pelas janelas da casa contra toda e qualquer luz solar.

Vivendo a mesma liberdade e sensação
que meu cachorro tanto ama rsrsrs
É tão mais fácil viver, ser e fazer o que se deseja, é tão mais fácil e admirável ter um estilo próprio e sair sem se importar com que vão dizer sobre nós. Eu acredito que, se estamos fazendo algo que nos faça feliz sem prejudicar ninguém, então estamos apenas vivendo saudavelmente, sendo autênticos. Mas não, gostamos de impor empecilhos, de nos subjugar inferiores, de nos trancar dentro de uma casca. Por ora somos tímidos, por outras somos indecisos, inseguros, imaturos.

Ah, passei anos da minha vida assim, com um grito sufocado, com medo de chamar atenção, de ser apontada quer seja por algo positivo quer por algo negativo, a intenção era a mesma: Permanecer invisível para o mundo!

Mas, a bela adormecida acordou!!!

Vamos acordar todos, vamos nos impor para o mundo senão os tratores da vida continuarão passando por cima de nós, nos atropelando lentamente, e arrasando nosso brilho pessoal.

Acredito numa força fora do normal chamada ‘VIVER’, é nela que tenho me apoiado nos últimos dias, quando pego minha câmera fotográfica e me posiciono sem vergonha para registrar um momento, é nessa crença que me apoio quando resolvo colocar uma bandana de caveira na cabeça e óculos escuros, é nela que acredito quando decido que o mundo pode sim me ver como eu sou, como eu posso ser, e especialmente, como eu gostaria de ser.

O que sou se não puder ser eu mesma, fazer minhas vontades mais tolas e simples, o que sou ou quem sou se não posso cantar alto quando sinto vontade ou dançar no meio de uma estação de trem? Quem sou eu se não posso escrever o que penso sem me importar com as críticas destrutivas?

É, não seria ninguém e a vida? Ah, a vida não teria valido a pena.

Beijos enormes,

Bárbara Castro.

Feliz dia dos pais.

Dia dos pais é como o dia das mãe, TODOS OS DIAS!

Ser pai vai muito além de 'fabricar' um filho, é uma criação a base de ensinamentos, é como nos primórdios, a força da família está no pai, mas isso é fala de outra época, de quando a mulher não tinha direitos a nada.
Dessa época eu só levo o heroísmo do pai, levo a lembrança dos piores pesadelos e das noites que o chamava assustada, nem descobria a cabeça, ele aparecia e ligava a luz, e pegava água ou esperava eu ir ao banheiro. Meu pai sempre foi meu herói, minha base para muito coisa.
Uma das coisas que mais admiro nele (ou admirava) é que nos afazeres de casa ele também dividia as atividades comigo e minha mãe, ele era excepcional, carinhoso comigo e muito cuidadoso, era a alegria das festas de família, gostava de chegar na minha vó e a pegar no colo.

É, sinto muita falta, mas não fico triste, pelo contrário, feliz por ter tido o melhor pai do mundo!

Ser pai...
O que é ser pai?
Minha avó paterna foi pai, pois ela que cuidou do meu pai (filho caçula) sozinha, com a ajuda dos filhos mais velhos. Sim, eu hoje parabenizo-a também, pela dedicação e amor. Lembro-me como se fosse hoje meu dizendo, "MEU PAI USA SAIAS' e era mesmo. Meu avô pode ter sido um bom pai para os outros filhos, mas foi irresponsável e falho com o meu pai, quando decidiu se separar da minha avó e acabou se separando dos próprios filhos. Eu o conheci por um acaso, porque um dos meus tios ia todo sábado visitá-lo e passei a ir com ele, mas sempre me senti fora do meu mundo, não tinha aquele carinho que tinha com meu outro avô ou com minhas avós.
Então, lembre-se papais, ser pai não é apenas fazer um filho ou pagar pensão, é cuidar, prestar atenção no seu crescimento, é ajudar a planejarem seus futuros, aconselhar, e principalmente, se fazer presente em suas vidas!

Agradeço a Deus por minha mãe ter encontrado o Carlos, pois ele sempre foi respeitoso comigo, sempre me tratou como filha e me instruiu muitas vezes, sempre e todo momento ele se preosupa com meu futuro. É um pai que ganhei da vida, não para suprir o que 'perdi', mas para completar a fase de ensinamento.
Pois de uma coisa eu sei, tenho dois pais!

Desejo a todos os papais um feliz dia, sejam heróis dos seus filhos eternamente.

Beijos enormes,
Bárbara Castro.


PS. Desculpem por algum erro ou texto corrido, eu acabei de escrever tudo isso em pé, porque preciso lavar a louça do café rsrsrs... Fui!

Metamorfose Ambulante - Rauzito

Eu prefiro ser
Essa metamorfose ambulante
Eu prefiro ser
Essa metamorfose ambulante
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

Eu quero dizer
Agora o oposto do que eu disse antes
Eu prefiro ser
Essa metamorfose ambulante
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Sobre o que é o amor
Sobre o que eu nem sei quem sou
Se hoje eu sou estrela
Amanhã já se apagou
Se hoje eu te odeio
Amanhã lhe tenho amor
Lhe tenho amor
Lhe tenho horror
Lhe faço amor
Eu sou um ator
É chato chegar
A um objetivo num instante
Eu quero viver
Nessa metamorfose ambulante
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Sobre o que é o amor
Sobre o que eu nem sei quem sou
Se hoje eu sou estrela
Amanhã já se apagou
Se hoje eu te odeio
Amanhã lhe tenho amor
Lhe tenho amor
Lhe tenho horror
Lhe faço amor
Eu sou um ator
Eu vou desdizer
Aquilo tudo que eu lhe disse antes
Eu prefiro ser
Essa metamorfose ambulante
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
Do que ter aquela velha velha velha velha velha
Opinião formada sobre tudo
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo

Gosto muito dessa letra, primeiro porque Rauzito me lembra a infância, e também da minha dinda Lu, e segundo que me identifico muito.


Beijos enorme,
Bárbara Castro.

Guerra Doce - Peça em cartaz no Teatro Fashion Mall - RJ

Em 06 de agosto de 2015 (ontem) eu tive o prazer de apreciar, durante sua estreia, a peça teatral Guerra Doce, escrita por Edu Porto, dirigida por William Vita e em atuação, ambos juntamente com Kel Braga.
Ainda me sinto extasiada com a emoção que os atores transpareceram, o texto envolvente e especialmente pelos detalhes ao longo das cenas.

Falar sobre teatro é algo fascinante, apesar de não sido boa atriz nos meus dois anos de teatro, por me faltar mais desenvoltura e liberdade, eu sempre amei essa arte. (Dentre tantas outras)

Mas voltando a Guerra Doce, que ficará em cartaz no Teatro Fashion Mall nos meses de agosto e setembro, todas as quintas-feiras às 21 horas, eu gostaria de dar meu ponto de vista amador.

O texto fala sobre a vida, e há de convir que, além riso garantido também arrancam lágrimas, muitas por sinal. Eu tentei controlar a emoção mas é bem difícil.
Assim como a vida, na peça também existe alguns momentos tocantes, eu diria até, asfixiantes. Me faltou ar quando o personagem André conversa com Deus, é uma cena muito envolvente, muito tocante, que grita dentro de nós, mesmo possuindo fé ainda somos balançados quando algo parece que nos desmonta de corpo e alma. E no caso de André, foi uma doença terrível, singularmente para aquela época. Sim, vocês entenderam, existe uma linha de tempo durante a peça, que se incia na final da copa do mundo de 1994, exatamente naquela tensão dos pênaltis e termina .. Bom, vão lá assistir essa deliciosa peça, reflexiva, tocante, e depois se perguntem se não foi mágico!?

Existe alguns detalhes que gostaria de sentar com o autor para tirar dúvidas. Não sei se sou muito detalhista ou se aquilo tinha sim um sentido para as emoções da cena, exemplo de um chinelo em cena que fica ali sobre o tapete, como se pudesse ser a única coisa que lembrasse do amor, porque a após uma separação tumultuada ocorre uma mudança na cena propositada pela personagem da Kel como tentativa de fazer o André esquecer do seu amor, mas o chinelo continua ali.

E o que foi aquela pipa sobre a platéia? (Não conto mais nada! Só assistindo..)

Enfim, gostaria de dividir com todos o que gostei de ver, quem tiver oportunidade de visitar a página deles no facebook, caso queiram conhecer melhor, mas o convite especial é para assistir a peça, que é linda e tenho certeza que vão gostar! Assim como eu.
Então, quem estiver programando algo para as próximas quintas, aqui pelo Rio, aproveitem a dica e lance-se nesse mundo chamado Guerra Doce!

Beijos enormes,
Bárbara Castro.


PS. Não estou ganhando nada em escrever sobre, aliás, esse blog é usado somente no intuito de dividir algumas ideias.

Raiva e Fome

Fome e raiva
Estômago vazio,
Igual casamento em meio a temporal
Chuva em dia de praia
Doce roubado da boca da criança

Pasmemmmmm!

Se tem uma coisa que não gosto é de sentir um desses dois desassossegos!
A raiva por si se dissipa tão rápido quanto minhas palavras carinhosas ao vento:
Caralhooooooooo!
Que filha da puta!

Chegaaaaaaaaaa!

Deixa a vida levar, segura a marimba e segue sem olhar pra trás.
Porque você, minha senhora, vai ficar aí parada enquanto eu vou andar.
Mas obrigada, tenho que te agradecer, pois aprendi que não vou ser filha da puta como você.

Mas a fome, a fome continua...

Beijos enormes,
Bárbara Castro.

Feira do Rio Antigo - Feira do Lavradio

Marque na agenda, primeiro sábado de setembro!
Muitos cariocas ainda não a conhecem, mas a Feira do Rio Antigo ou também chamada de Feira do Lavradio acontece todo primeiro sábado do mês na rua do Lavradio demarcada pela história do Brasil, onde localizou-se residências de muitos poetas, escritores e especialmente do Vice-Rei do Brasil em período colonial, o Marquês do Lavradio.

A feira ocorre a céu aberto e trás um enorme enriquecimento cultural, abrigando bares e restaurantes em alguns antigos casarios.

Obras belíssimas de artistas pouco reconhecidos. 
Eu estive lá este mês, pela milésima vez, e sempre saio com sensação de retorno. Por ser uma feira entre prédios em estilo eclético também encontramos por lá uma variedades de exposições, que são do antigo ao moderno, e claro, a visitação é cheia de opinião própria. O melhor é que cada feira acontece diferente, com apresentações de música em variados estilos, de danças entres outras artes.
Bem próximo dos arcos da Lapa e com visão panorâmica da Catedral você pode chegar lá de carro (não muito indicado) mas percebi que existe um estacionamento na Av. Passos próximo a Praça Tiradentes, ou poderá chegar por lá de metrô ou ônibus. Tomando sempre cuidado com ruas muito desertas nas proximidades após horário comercial no caso de ir sozinho.

Aliás, por falar em Praça Tiradentes, está acontecendo por lá uma amostra gourmet maravilhosa, com diversas barraquinhas com comidas e música, artes, alegria. Um pacote ótimo para quem não conseguiu sentar em algum barzinho ou restaurante da Lavradio.

Ambos eventos são direcionados para pessoas alegres, de bom humor ou nesse intuito.

Fiz pouquíssimas fotos, algumas eu ainda não descarreguei no computador, mas segue alguns detalhes que consegui capturar.
Quem tiver oportunidade de ir no próximo primeiro sábado de setembro (Dia 05/07) mesmo sendo véspera de feriado, não deixem de ir se estiver pelo Rio!

Beijos enormes,
desculpa minha falta de jeito com as fotografias, eu capricharei na próxima, prometo.

Bárbara Castro.


Artesanato com detalhes de todos os tipos e para todos os gostos.


Significado da vida

Quando nascemos, considero já sendo um zigoto, adquirimos uma bagagem pra levar na estrada chamada Vida.
Se existe vida, existe vida!
Essa bagagem é pessoal e intransferível, ninguém nem nada terá autorização para tirar de você. É uma bagagem de muitas malas boas, e por vezes, malas rasgada também.
E por ser difícil de cuida-la, é importante dar atenção necessária. Cuidar, costurar algum buraco, consertar alguma rodinha falha, é preciso que todas andem juntas. Não pode deixar nenhuma para trás.

E quando, pelo caminho, encontrar outras bagagens e outras vidas, precisamos nos atentar que ter respeito pela bagagem do outro não nos dar o direito de possuí-la. Até porque não damos conta da nossa,  dirá a do outro também.

Então, levando em consideração que respeito é fundamental, todo mundo deseja caminhar além. (Não é só você é suas malas. Mas o caminho é sempre largo pra quem sabe dividir, e estreito para quem deseja seguir sozinho)

Carreguem suas malas, vivam.
Boa noite. (Texto escrito pelo celular durante o trajeto do trabalho)

Beijos enormes,
Bárbara Castro.

Constante mudança

Muitas pessoas acham que me conhecem, ou achavam. Mas conhecer alguém nunca será possível, a menos que se conheça a si próprio 100%. E eu digo, é impossível.

Ninguém saberá qual atitude tomar para um novo obstáculo. Ou mesmo o que dirá para uma afronta imposta. Estamos em constante mudança, graças a Deus, pois aquele que para na vida há de atrofiar.

Vivi algumas histórias que achei eternas mas por um simples desentendimento elas evaporaram. E assim é a vida, cheia de surpresas, ultrapassa aquele que persiste no que acredita e não na verdade alheia.  Confie sempre em você, acredite e tenha fé em algo ou alguém, pois o caminho é longo mas as escolhas serão sempre suas.

Bom sábado a todos e ótimo fim de semana. Beijos enormes,
Bárbara Castro.

Mensagem do dia - Bom dia Mundo! - Vamos ser felizes!

Para começar o dia é preciso mais que um amanhecer.
Não se começa com meios termos termos, meias ideias, meia alegria. 
Não transborde o café na xícara, meu bem, mas deixa a felicidade derramar sobre a mesa, sobre o chão, te banhando em contentamento.

Quando levantar, respire esse ar maravilhoso chamado oxigênio, pois para interesse de todos, estamos VIVOS. 
E quem vive merece ser feliz!

Bom dia a todos, ótima sexta-feira, ótimo trabalho, ótima aula, ótimas compras. Não importa o que faremos hoje, se for com felicidade, no final seremos uma nova história.

Beijos enorme,
Bárbara Castro.