" Amizade é um amor que nunca morre. "

Resolvi escrever sobre ela por um motivo óbvio, tudo que faz parte da minha vida com valor incontável também deve fazer parte do meu blog, e para não perder o hábito, também possivelmente falarei de amor. (Para quem já leu três textos no blog saberá o motivo deste hábito)
Quando eu a conheci a chamava de Thayane, ela era a novata no grupo de teatro. Logo no primeiro dia pegou meu caderno emprestado e pouco tempo depois nos adicionamos como 'amigos' na rede social mais popular do mundo. (Cito amigos entre aspas pelo simples motivo de não existir necessariamente nenhum vínculo de amizade aos membros deste grupo)
Eu lembro que nossa amizade partiu de um assunto sobre livros. Ela faz graduação em Letras, ama livros, animais, e coloca a família em primeiro lugar.
Existe alguma possibilidade de eu não querer essa amizade??

"Todo meu patrimônio são meus amigos"

Hoje quando conversava com a Thay (agora passei a chamá-la assim) sobre alguns fatos de nossa vida diária eu percebi que estava na hora de publicar aqui algo sobre essa amizade que eu faço tanta questão de existir eternamente.
As pessoas não são perfeitas, e vou logo contando aqui para que ela não venha depois com aquele discurso que ela não é tudo isso que eu falo mas agradece por exergá-la desta forma. (risos)
Repetindo, as pessoas não são perfeitas porque a perfeição está nos olhos de quem ver, é como a beleza. São totalmentes relativas. Existe um padrão mundial para a beleza, normalmente são loiros dos olhos azuis, apesar de eu preferir que sejam apenas pessoas! A perfeição não tem padrão específico, somente um limite. E você está dentro dele, querida!
Eu e Thay

Falar da Thay é muito prazeroso, ela é uma menina incrível, uma mulher sábia, uma amiga verdadeira, uma namorada padrão, uma filha invejável. Eu falo isso pelas qualidades que ela possue, pelas atitudes e pelas nossas conversas também. Engraçado que nossa amizade cresceu muito ao longo deste ano, para falar a verdade só nos vimos fora da aula de teatro umas quatro vezes, somente quatro? Nossa, e imaginar que tenho um carinho imenso por ela, sem termos nem um ano de convivência ainda. Mas fará logo logo, de acordo com nossos cálculos, dia 27 de agosto.(Semana que vem rs)

Menina de ouro, esse foi o único apelido apropriado que consegui designar a alguém com tamanha exatidão. Define toda a sua personalidade. Acho que seria bastante apropriado ousar escrever uma postagem no meu blog homenageando esta minha amiga com apenas "Menina de ouro" e uma foto dela. Quem a conhece saberia ler nas entrelinhas. Mas eu gosto de escrever, gosto de expressar meu carinho, meu amor. Gosto de demonstrar meus sentimentos de alegria e orgulho. E cá estou.

Thay, eu tenho orgulho de ter você como amiga, de apreciar sua companhia, nossas conversas ao vivo e/ou na internet. Amiga, eu amo você! Não tenho vergonha de expor esse amor, porque a "amizade é um amor que nunca morre" .

Frases citadas de , Emily Dickinson e Mario Quintana, respectivamente.
Amiga, te prometo um texto mais bonito na próxima vez!

Boa noite, fica com Deus.
Beijos enormes,
Bárbara Castro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça valer a pena!