O amor jamais acaba. (Se acabar, não era amor!)

Como é possível alguém dizer ao outro que o ama e depois dizer que o odeia? Amor não é sentimento passageiro, não se pode amar ninguém por um simples e único momento, tem que ser para sempre! Senão, não era amor e sim paixão, tesão, atração.
Eu já amei situações, momentos, já amei companhias. Sei que parece absurdo, mas amar um momento com alguém é absolutamente aceito se por acaso, mesmo que esse alguém o traia você jamais esqueça daquele momento com carinho e amor.

Então quando você resolver falar que ama uma pessoa, tente encontrar esse amor tão profundamente que jamais tenha motivos para dizer que o amor acabou, porque ele jamais acaba! O amor nunca acaba, é eterno! Deus o ama, e é o amor mais belo existente hoje, como exemplo. Ele o ama mesmo que você jamais retribua este amor, é um amor tão sincero que independe de qualquer atitude sua.  
Não é simples amar alguém, mas é genial sentir esse amor dentro de si. É caloroso, arrebata e faz o coração palpitar de maneira diferente, eu diria até que, é a melhor sensação que existe no mundo!!! Melhor até do que ser amado, como muitos pensam. 

Para saber desse amor eu utilizo das seguintes táticas: Quando estou sozinha eu fecho os meus olhos e imagino uma pessoa que possivelmente ame. Imagino-a sorrindo, chorando, lembro das brigas que tivemos, dos erros que ela cometeu, dos seus piores defeitos. Vou tentando lembrar tudo que vivi ao lado dela. E ao mesmo tempo a sensação vem à tona, é incrível sentir o que sinto com tamanha proporção. E desse momento em diante, mesmo que fique com uma ‘raivinha’ desta pessoa ela jamais deixará de existir em mim, e meu amor será eternizado na amizade, na cumplicidade mais sincera, e quem sabe até numa próxima vida, novamente; 
Não deixe de amar suas companhias, seus momentos, não deixe de amar sua vida, ame objetos, coisas, mas saiba valorizar o que mais te enriquece, pessoas maravilhosas. Mães, eu tenho uma inveja muito boa do amor que vocês devem sentir pelos seus filhos. Esse amor é acima de tudo tão especial que me emociono ao lembrar que sinto algo quase que parecido pela minha mãe e pela minha tia Jana. Talvez meu engano seja o maior possível ao querer comparar meu amor por elas ao de uma mãe pelo filho, mas sei que o amor que invade meu ser e penetra em minha alma é tão verdadeiro quanto à vida que eu tenho.

AME, AME MUITO. ENCONTRE O AMOR NAS PESSOAS, E AS AME. DESCUBRA O QUANTO É MARAVILHOSO AMAR, E PARA VOCÊ QUE JÁ AMA, COM TANTA CONVICÇÃO, CONTINUE A SENTIR ESSE AMOR ETERNAMENTE.

Boa noite e fiquem com Deus.
Bárbara Castro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça valer a pena!