Aprendi muito em 2012..

Passou!
Quando penso na velocidade eu descubro que passou como um raio, com ventanias e sinistras nuvens escuras encobrindo, por vezes, meus olhos. Mas eu sobrevivi com êxito, pode-se dizer. Não cumpri nem metade da minha meta ou sequer passei de fase, mas sobrevivi a um terremoto de emoções que nunca foram tão intensas. E diante de tantas obscuridades eu enxerguei a luz, eu brilhei por conta própria da maneira mais modesta e humilde. Tive fé em cada segundo dos meus dias, acreditei, vacilei, aprendi, ganhei, perdi, mas nunca desisti!
Foi assim 2012 para mim!!!

Normalmente o Ser Humano comemora somente após suas conquista... Final do ano parece diferente, porque não desejamos um Adeus ano velho e sim, Feliz Ano Novo! O que distorce totalmente nosso habitual. Eu teria muito mais prazer, e não seria a única, se comemorasse o final do ano pelo prazer incomensurável que foi viver 2012. Sei que todo mundo teve perdas, mas se sobrevivemos e estamos aqui nada seria mais justo que agradecer pelo aprendizado e conquistas! Mesmo que as perdas tenham sido dolorosas, saibamos sempre que Deus nunca permite que carreguemos um peso maior que nossas costas possam suportar. Ele sabe exatamente o que faz!

Então aproveitando este espaço eu quero agradecer por este ano de 2012, que apesar de não ter conquistado um bom emprego, eu tive a oportunidade de trabalhar em uma empresa muito querida onde conheci pessoas ótimas; Agradecer pela minha fé inabalável que influenciou muito minha vida este ano, agradecer a pessoas queridas que eu conheci ao longo desses 365 dias, pessoas que desejo levar para a vida inteira. Agradeço até aqueles que não deixaram boas lembranças, porque acredito sempre no quanto podemos ganhar com gestos, seja bom ou ruim. Sempre temos a possibilidade de aprender com o outro e suas atitudes, mesmo que o aprendizado seja em não cometer os mesmo erros que eles ou suas hipocrisias;
2012 foi um ano difícil, eu as vezes pensei que piraria com tantas emoções que não conseguia controlar, porque sou muito emotiva, mas aprendi a me amar, foi exatamente neste ano que aprendi o amor-próprio, o qual equilibra o ser humano. E hoje, amando esta pessoa aqui (eu) sei o quanto sou feliz e realizada em ser quem eu sou. Eu tenho qualidades que jamais imaginei possuir antes, eu sempre as tive comigo mas era incapaz de enxergar!
Não me acho a ' bolacha mais recheada do pacote' que fique bem claro! Só aprendi a gostar do meu jeitinho, e aprendi a enxergar minhas qualidades tanto quanto sempre enxerguei meus defeitos!

E para finalizar esse ano tão maravilhoso, eu QUERO AGRADECER A CADA PESSOA QUE CHEGOU EM 2012 COMIGO E TAMBÉM AS QUE EU CONHECI DURANTE O ANO!!!

Eu não sou rica financeiramente, mas conheci pessoas preciosas que me tornaram MILIONÁRIA!
OBRIGADA!

ADEUS ANO DE 2012, e obrigada meu Pai por estar presente na minha vida iluminando meu caminho!

Meu último beijo este ano aqui no blog, foi um prazer recebe-los aqui, e até amanhã!!!!
RUMO 2013 COM MUITA SABEDORIA!
Beijos,
Bárbara Castro.

Seja um leitor! Leia sem dor nem piedade..

Ontem eu estava escrevendo um post sobre o livro que acabara de ler e quando publiquei aqui no blog me veio uma ideia que, por enquanto, não passa de alguns rabiscos. Estou elaborando um projeto sobre a importância da leitura, mas isso possivelmente ocorrerá somente em 2013. (Risos)

Último dia do ano e eu não desejo muito falar sobre isso, Deus já sabe das minhas expectativas para 2013 e das frustações de 2012, só desejo a cada um de vocês o MELHOR ANO DE SUAS VIDAS!!!

Voltando a ideia do projeto, eu estou pensando em chamar dois amigos para me ajudar a transformar esses rabiscos em algo tentador o suficiente para cultivar leitores. Sei o quanto a leitura é importante para nossas vidas, podendo até motivar as pessoas mais próximas de nós, como é o meu caso!
Lembro que durante toda a minha vida, desde as primeiras sílabas eu sempre fui fascinada por livros e lia muito, até nos intervalos da escola. E uma amiga minha, nunca havia lido nenhum livro até ficar curiosa por um que eu estava lendo e rendeu-se aos encantos de Augusto Cury. Hoje, Camila é uma leitora assídua! Também tem o meu irmão, na verdade ele é filho do meu padrasto. Quando o conheci estava lendo um livro da Zíbia Gasparetto, um romance espírita muito querido e que o estimulou a lê-lo, e hoje meu irmão ler um livro atrás do outro. Então eu diria que ler é basicamente um bem querer que devemos dar a chance de possuir!

Ler um livro, uma revista, um gibi, jornal,.. O que importa é o mundo sendo desvendado pelas letras e suas magias inesgotáveis de nos emocionar. Eu acho incrível quando leio um livro que parece me jogar dentro de sua história e me tornar personagem principal. É assim que a leitura me fascina, tornando-me cada vez mais uma viciada em ler!

1. O primeiro passo para começar a ler é encontrar algo que o interesse o bastante;
2. Depois você deve persistir, porque nem sempre as histórias são prazerosas no início, o que nunca significará que serão assim durante todo o livro, o final poderá valer a pena;
3. Eu aconselho começar por aqueles de menor números de páginas, que torna-se mais agradáveis aos leitores 'preguiçosos' ou sonolentos. (Risos)

Ler não me dar sono, como muitos dizem, me dá insônia!!! Já virei noites lendo, porque simplesmente não conseguia parar, era algo tentador.
Ler também não empobrece a alma, aliás, enriquece muito novo vocabulário.
Um bom livro não precisa de autor famoso, apenas de sintonia com você e ele.
Nunca leia algo apenas por ler, torne-o parte da sua vida, aprendendo lições que eles ensinam e possibilitando coloca-las em prática.
E para finalizar, tente começar 2013 com um livro, não desista fácil, seja brasileiro!!! (Risos)

Boa noite amados e FELIZ ANO NOVO!!!
Beijos,
Bárbara Castro.

Presentes da vida - Emily Giffin - Leia

Ler é, sem dúvida, um prazer absoluto na minha opinião.. Amo o universo do livro e sou extremamente viciada no cheiro de suas páginas, no relevo de suas letras e no encanto de suas histórias.

Quando eu ganho um livro de presente eu lembro no sorriso e na alegria empolgante dos meninos ao ganharem um vídeo game, uma bicicleta ou algo que eles namoraram inúmeras vezes e desejavam ter. E foi assim que comecei a pensar em escrever hoje, porque eu GANHEI UM LIVRO DE PRESENTE DE NATAL!
Muitas pessoas jamais desejariam ganhar um livro de presente, talvez até tenho o hábito da leitura, mas ganhar um livro ao invés de uma roupa, sapato, uma carteira, enfim provavelmente decidiriam pelas outras opções. Eu sonho em ter na minha casa uma imensa biblioteca e poder apresentá-la aos meus amigos sabendo onde cada livro fica e seus respectivos conteúdos literários.
Foi nesse universo da leitura que eu cresci, abstraindo de cada leitura um ensinamento e tentando colocá-los em prática para assim formar minha personalidade... Ser quem eu sou!

Mas voltando ao presente que ganhei, porque um livro sim, é um verdadeiro presente.. Chama-se, coincidentemente, "Presentes da vida" e quem o escreveu foi Emily Giffin. Comecei-o a ler com muita empolgação pela frase que ele traz na capa: "Nem sempre o que queremos é o que realmente precisamos". E de fato o livro mostra esse drama meio paranoico que temos em turbulência de pensamentos.
Conta a história de Darcy, uma mulher de beleza extraordinária e gosto refinadíssimo a moda. Mas Darcy possui inúmeros defeitos e sua personalidade a qualifica com uma única frase: Ama-me ou odeia-me. Sem pudores em magoar, humilhar, ofender, Darcy consegue ser amada, admirada e invejada.
O livro conta como Darcy conseguiu superar o desafio da vida que é, aprender a desejar o que realmente precisamos! E não o que desejamos. Ela emociona com seu drama. O livro mostra a cura de cicatrizes, das mais profundas, como o perdão.

Leia-o se puder, e tente analisar o livro sob apenas uma frase: "Nem sempre o que queremos é o que realmente precisamos", evite julgar a personagem e seus atos, coloque-se no lugar dela e sinta suas emoções, suas frustações, sinta seus medos e angustias, e depois no final do livro tenha o prazer de sentir que aquela personagem faz parte da sua vida, porque foi em lágrimas que terminei suas últimas páginas, com emoção e alegria que festejei junto a incrível criação de Deus, o Ser Humano.

Estou, ainda, muito feliz pela leitura deste livro e espero que ainda encontre alguém que tenha sentido algo parecido que eu, porque acho que não estou maluca em chorar numa leitura, apesar de tê-lo lido enquanto passava por um momento sensível de ser mulher, TPM. (Risos)

Leia,
Ler é prazeroso, gratificante, enriquecedor, e abrange o nosso universo.
Tente pelos livros mais fininhos e procure sempre o que vai te prender a atenção, porque o universo do livro é extenso e pode também ser surpreendente; Aposte na leitura sempre!

Boa noite,
Beijos.
Bárbara Castro.

PS. Obrigada a meu amigo Marcel, pelo 'Presentes da Vida' . Eu amei..

Amor de outras vidas.

Eu acredito em reencarnação, acredito que temos a oportunidade de nos redimirmos dos erros passados. Há quem duvide ou critique, mas eu respeito a opinião alheia, porque é muito difícil encontrar nossa verdade baseado em fatos sob uma religião tão jovem.

Eu conheci uma pessoa há 7 anos, tinha 17 na ocasião e era uma tímida ao extremo. Então podemos imaginar a dificuldade de me relacionar com pessoas novas, ainda mais numa cidade totalmente nova. Essa pessoa é irmã do meu padrasto, e hoje a considero minha melhor amiga. Nossa relação foi crescendo com os anos, mas desde primeiro momento que a vi eu senti que não era por acaso.
Janaina é uma pessoa muito diferente de mim, temos qualidades diferentes e defeitos diferentes, além das opiniões. Ela é 15 anos mais velha que eu, mas muitas vezes por situações que já passamos na vida, eu me senti sua mãe e sofri como sofreria a sua mãe. Sei que essa relação é de outras vidas...

Fico muito emocionada em falar aqui do quanto estou feliz! As lágrimas correm pelo meu rosto em imaginar minha tia com um barrigão lindo daqui a alguns meses, elas está grávida!!!
No primeiro momento que eu soube fiquei em choque, não sei explicar o porquê, mas fiquei sem saber o que pensar. Entretanto, hoje ao vê-la pessoalmente, ao sentir seu abraço, seu sorriso e alegria, eu fiquei tão feliz, mas tão feliz que me emociono quando lembro. SOU EXTREMAMENTE APAIXONADA POR ESSA MAGIA DE GERAR UM FILHO, SOU LOUCAMENTE FASCINADA POR GRÁVIDAS! (E por ela principalmente! rs)

Tia Jana, além de ser parte da minha vida em tantas outras vidas, também é a segunda pessoa que mais amo nessa vida, eu a amo um pouco menos que a minha mãe, incondicionalmente!
Tivemos um ano (2012) diferente de todos os outros desde quando a conheci, nos magoamos uma com a outra, somos humanas e erramos ou não soubemos nos comunicar. Deus talvez tenha um propósito melhor para nossa amizade, acho que eu nunca soube direcionar da maneira mais correta meus sentimentos, são explosões. Então esse ano, eu parti meu coração ao decidi mudar, simplesmente tentei seguir um conselho. Estava esgotando a paciência da minha tia, eram telefonemas, visitas, e-mails, ...(Tadinha rs). Às vezes acho que só agora aprendi a amá-la, quando descobri que não preciso estar perto para inspirar os melhores sentimentos a ela.

Eu estou tão feliz pela sua gravidez, quero muito que chegue o momento de ver o rostinho desse anjinho, eu imagino que irei chorar cachoeiras! Porque tenho um elo com a minha tia muito forte!!!
Eu já me candidato a ser a fotógrafa oficial da grávida mais linda e da anjinho ou anjinho (ou gêmeos rs).
Eu também queria ser a madrinha, e brinco pedindo. Na verdade pedir para ser madrinha não é meu perfil, só serei se realmente estiver escrito e custo acreditar nessa possibilidade,  já sou muito honrada por amar essa pessoa antes mesmo de nascer! Será minha prima e vou ensiná-la a gostar de Ana Carolina, Queen, Roxetts, ler, fotografar, sorrir! Só as coisas boas da vida! (risos)

Só queria abrir meu coração, estava em choque outro dia e hoje estou em festa! Vou ganhar uma prima(o) e vou amá-la tanto quanto amo sua mãe!

Deus abençoes minha tia Jana, e ilumine sua vida.
Boa noite queridos e amados,
Beijos,
Bárbara Castro.

PS. O título do meu texto tem uma mensagem subliminar. (Persuasão subliminar)
(Risos)


Minha paixão, três amores, uma vida e um sorriso!

Escrever é meu passa tempo predileto, desde quando aprendi o mundo mágico das letras. Lembro das minhas primeiras redações, que normalmente terminavam com um desenho, porque além de escrever eu também sempre gostei de desenhar.

Eu era extremamente tímida na minha infância, morria de medo de abrir a boca, as pernas tremiam e suava frio de nervoso. Falar em público? Nem pensar! E escrever era uma fuga, fazia cartinhas quando não sabia olhar nos olhos das pessoas para falar o que sentia, e comecei praticando este meio com meus pais, então em todas as datas comemorativas lá estava eu com um envelopinho, normalmente, feito por mim e uma cartinha de muito amor.
E foi a parti disto que resolvi criar um blog, para escrever infinitamente sobre meus pensamentos e ideais. Sempre procurei as melhores palavras, porque me policio em nunca falar algo que venha machucar uma pessoa em momento sensível ou parecer vulgar, injusta, desrespeitosa.
Meu maior sonho é entrar aqui e perceber que, além das muitas visitas a minha página, há também inúmeros comentários de pessoas que tenham se identificado com o que escrevo ou que tenham gostado, e até mesmo comentários críticos de uma maneira negativa. Acho isso importante para meu crescimento pessoal.

Hoje eu costumo brincar dizendo que conquistei muitas amizades com a escrita, por ser uma maneira mais fácil de demonstrar meus sentimentos mais puro e verdadeiros. Entretanto, hoje meus textos não vêm mais com desenhos no final, eles podem vir acompanhados de fotografias (outra paixão), mas não é sempre.

Decidi, propositalmente, publicar três fotografias para reunir as três paixões que mais tenho em fazer arte; Escrever, Fotografar e desenhar. (Não se especifica nenhuma preferencia nesta ordem)

"Se existe um motivo certo para eu ser feliz, provavelmente eu o estou traindo com vários outros!"







 Esse desenho é o meu preferido, guarda-o na parede do meu quarto emoldurado. Normalmente dou nomes aos desenhos, mas este ganhou estas palavras, pela importância espiritual que ele tem.
"Tua obra, teu amor, teu sorriso, teu olhar... Tudo pode passar. Mas nunca o amor que tenho em mim, a sensação de um eterno sem fim. Vidas e vidas.." 


 
 
Esse desenho foi um presente que dei a minha tia,eu o tenho com muito carinho pela coragem que eu tive em desenhar YemanjáUm orixá tão respeito pela religião afro, uma religião que merece todo o respeito. Nome que ganhou não pratica em nenhuma novidade: "OdoYá"
 
 
 
Esse foi um dos primeiros, ainda na minha dificuldade de terminar um rosto, é inspirado na minha cantora preferida e o nome do desenho também."Eu tranco a porta".
 
 
 
Espero que tenham gostado dessa postagem, eu apareci aqui de surpresa, até para eu fiquei surpresa, porque ultimamente não tive boas ideias para escrever e isso me deixa muito triste. Mas enfim, estou feliz com a conclusão deste texto, onde consegui reunir minhas três paixões em uma só postagem.
 
Tenham uma excelente noite,
Beijos,
Bárbara Castro.

Não julgue para não ser julgado, AME!

Eu tenho paixões duradouras, das quais me orgulho e me engrandeço.
Paixões que enriquecem minha alma, o meu sentido da vida e a minha felicidade mais absoluta.
Tenho fascínio pela vida cigana, pelas cores e movimentos de suas danças, pelo calor e vibração de sua fogueira, e a alegria em seus olhares.
Ser cigano não é uma escolha, e sim um destino!

Nasci dentro de uma religião, fui católica e vivi um momento de muito aprendizado durante toda minha infância e adolescência, entretanto eu sinto o quanto meu fascínio e minha felicidade "grita" uma alma cigana, sou muito mais completa hoje, agora!

As pessoas, por meio de um estúpido PREconceito, intitulam uns aos outros através de suas escolhas sexuais, religiosas, esportivas, etc. Mas não conseguem percebem um palmo a sua frente, quando se faz julgar preconceituosamente o seu próximo. (Se acredita em Deus deveria ao máximo entender que julgar não é uma opção nossa!)

Hoje, frequento muito pouco a igreja católica, a última vez foi no sábado quando fui prestigiar a Crisma de uma amiga. E falo aqui, queira meus parentes ou não, que me sinto viva e grande quando tenho a oportunidade de frequentar uma casa espiritualizada que segue "três linhas", exotérica, kardecista, umbandista. São poucas as pessoas que serão capazes de entender o quanto isso me faz bem e me enriquece a alma, levando em conta o privilégio destas três linhas serem guiadas e muito bem exercidas pelo nosso querido e amado barô/zelador Juan Pablo (um homem digno de toda a minha admiração e todo o amor que posso dizer sentir por ele! Um ser de coragem, fidelidade, sábio, rico em qualidades, e além de tudo, lindo.. rs).

É isso aí, depois de ler isso aqui você poderia postar um comentário, falar do julgamento que fazem ao seu respeito, trocar uma ideia ou sei lá..
Só espero que, quem me conhece, não saia correndo por aí desesperados porque hoje eu decidi assumir publicamente e sem temor a felicidade de ser e compreender, cada dia mais, o que significa ser exotérica, umbandista, kardecista.
Se você não é e não curti pelo menos respeite tanto quanto respeito suas escolhas!!!

Que tenhamos luz em nosso caminho para aprendermos a compreender que as diferenças existem para serem respeitadas, que Deus nos abençoe com muita saúde, paz, amor, equilíbrio espiritual, emocional. E que possamos conquistar, a cada passo dessa jornada, um degrau para a mais absoluta perfeição! Porque Deus não nos dá essa vida para vivermos as dos outros, e sim para compreendermos a necessidade do respeito, da humildade e do amor ao próximo.

Boa tarde meus amados, espero que gostem!
Beijos,
Bárbara Castro.

PS. Um vídeo que fiz durante uma dança cigana lá no centro que frequento! Muito lindo a dança e a alegria que vibra no coração cada membro.

Ser amiga

Agora sou eu quem vou falar! Não quero que limites minhas palavras ou exagere os sentido delas...

Outro dia eu percebi o quanto sou negativa comigo mesma, quando custo a acreditar que fiz a coisa certa ou que seria capaz de fazer, no entanto sou extremamente positiva com os outros, quando acredito 100% na capacidade deles, não em todo mundo mas numa parcela chamada 'amiga'.
Sei que ultimamente isso tem sido meu maior defeito, tenho alimentado isso desde muito cedo quando já dizia que jamais gostaria de ter uma amiga como eu!
E só agora eu percebo quanto seria maravilhoso ter alguém exatamente como eu sou com meus amigos! Eu friso em dizer que não sou a amiga mais perfeita do mundo, mas até que nunca tive problemas com amizades.

Por que, em alguns momentos, eu duvido que eu seja uma pessoa que alguém gostaria de ter por perto?

Eu tenho mania de lembrar de alguém e em seguida, sem nenhum pudor, entrar em contato com a pessoa;
Gosto muito de escrever e normalmente me utilizo das redes sociais para demonstrar carinho, e faço isso sempre que lembro dela;
Não suporto a ideia de ver um amigo triste, então faço o (im)possível para reanimá-lo;
Insisto numa ideia quando no fundo do meu coração eu acreditar que aquilo fará bem a um amigo;
Amo presentar, que sejam pequenas lembranças, mas amo.
E sempre envio cartões que normalmente vêm gigantescos de tantas palavras;
Eu sou sincera com meus sentimentos, então se perceber que amo alguém eu simplesmente falo/demonstro;

Enfim, acho que juntando tudo isso eu sou uma amiga chiclete! Ou não?
Espero ter amigos por toda a vida..
Amigos que me façam viver a cada dia uma nova lição da vida, mas nunca sozinha.
Obrigada a cada um dos meus grandes, médios e pequenos amigos. No fundo são todos queridos da mesma forma.

E aos novos ou que virão, vocês terão que ter paciência comigo rsrs..

Boa noite!


Para um amor de outra vida..

Sinto as mãos tremerem, o corpo suar, o coração disparar. Não importa onde estejas, meu pensamento em você não deixa minha mente esquecer do teu sorriso aberto e teu olhar sincero. Sou como águia nesse céu imenso, sobrevoo a sensação dos teus abraços e o encanto dos teus beijos. Amor, eu o chamo assim, apenas Amor, voltas pra mim!!! (Às vezes no silêncio da noite pareço uma apaixonada e enlouquecida por um alguém de outra vida...) Boa noite meus queridos, que minha felicidade seja contagiosa!!! ;)

Desabafo do coração!

Fechos os olhos e imagino você, como sempre quis, sorrindo e feliz;
Imagino um milhão de vezes você brincando comigo;
Lendo meus bilhetes perdidos;
Imagino seus olhos brilhando e teu sorriso doce;
Tua voz cantando e teu corpo balançando;
Fico lembrando das suas piadas sem graças que eu sorria pelas caras e bocas que você fazia;
Das fotos, dos paseios, das conversas;
Eu lembro de você sorrindo sem medo de ser feliz!
Fico guardando essa imagem sua na minha cabeça como se não pudesse mais revê-la, como se tempo houvesse apagado todas as outras lembranças, como se teu brilho houvesse ofuscado por algum objeto insano e eloquente.
Guardo comigo tua beleza, teu sorriso, o brilho dos teus olhos, teu perfume exalando na minha janela, o barulho dos teus passos, o som da sua chave, guardo também o toque do teu celular, você cantando no chuveiro, sua risada, guardo você comigo por toda a eternidade.
E assim, quando lembro de você, lembro do quanto você era mais leve, mais sensata, mais amorosa consigo mesma, lembro do seu alto astral e essas lembranças me deixam a sensação de que tudo não passa de um momento ruim, e como todo momento ruim, você voltará a ser ainda mais feliz!
Porque eu só sei uma coisa nesse instante, apesar de minha felicidade não depender exclusivamente de ti, você me faz bem;
E quando você descobri que eu também te faço bem, aí sim, vou voltar a ser quem eu sempre fui!

Boa noite,
fica com Deus.

PS. Texto louco e um tanto bobo, mas compreendido e verdadeiro!

Porta do Coração - José Pontes

Acabei de lembrar desse poema, não sei o que se passava na cabeça do meu avô quando o escreveu, mas sou completamente apaixonada pela simplicidade destas palavras. É O MEU PREFERIDO!!

" Meu coração tinha uma porta aberta
Por ela você entrou em minha vida
Querendo sair agora não acerta
A porta fechou não tem saída

Não existe amor impossível
Nem acredito em amor proibido
O amor como s...
entimento é invisível
Jamais devia ser iludido

Mas às vezes a ilusão conforta
Triste de quem nem sabe iludir
É como uma árvore já morta
Que não pode mais florir "

Espero que tenham gostado.
Beijos,
Bárbara Castro.

Sorrir enriquece a alma..

Todos que me conhecem sabem o quanto eu amo sorrir, só que talves não saibam desse meu vício natural, admirar sorrisos alheios. Eu tenho mania de ficar horas a fio admirando, vejo o jeitinho que a pessoa sorrir, sua maneira de expressar com os olhos, vejo o detalhe admirável deste gesto tão lindo.. E já faz bastante tempo que eu escrevi esse texto, na verdade, faz alguns anos. E apesar da maneira simples de escrevê-lo eu tenho muito carinho por postá-lo aqui, espero que gostem.
 
Gosto de todos.
 
Sou uma admiradora de sorrisos, daqueles extravagantes acompanhados de uma boa gargalhada, dos tímidos e dos simpáticos seguidos de olhar firme, também amo quando os olhos sorriem.
Sou admiradora de todos os tipos de sorriso, mesmo daqueles espontâneos que saem em horas inoportunas, afinal são naturais.
Mas nenhum outro sorriso encantou-me tanto como este a qual possui brilho próprio, esse que conheço apenas por fotografia, que é de uma inocência e uma magnitude. E mesmo sendo de uma criança, se faz parecer bem adulto e responsável. Esse sorriso me leva a pensar na vida, que nada seria se não pudessemos sorrir.
Algumas pessoas que conheço, parecem não gostar de sorrir, eu não saberia viver dessa maneira, pois o sorriso  é simbolicamente o mesmo que dizer que estamos bem. Se em algum dia você se decepcionou com algo tão profundamente que o fez triste e deprimido, não perca mais tempo meu caro, sorrir sempre é o melhor remédio. É sorrindo que absorvemos boas enérgias e bons momentos.
Sorria das bobagens que você faz diariamente, sorria dos erros que comete, sorria disto que você está lendo. Simplesmente sorria e sinta a vibração do seu sorriso.
Nós, adultos, nunca devemos perder a felicidade de ser criança e a simplicidade do olhar, precisamos carregar em nossos corações um simples e discreto desejo, o de ser feliz. Então, tenhamos mais calma, sejamos mais maleáveis. Lembrando-se sempre que a felicidade é a cura de quaiquer males.
Esse gesto tão simples me fascina com tamanho desejo de guardo-os na minha memória para que eu possa sempre recordá-los.
 
Obrigada a cada uma das pessoas que existem em minha vida, obrigada pelos seus sorrisos, posso garantir que recordo cada um deles de maneira muito especial, e tenho certeza que muitos já me fizeram feliz num momento mais delicado de minha vida.
Para quem quase nunca sorrir... É complicado, é trabalhoso demais fazer este leve movimento nos lábios e sentir o coração pulsar diferente, MAS EU SEI QUE CONSEGUEM!!! (risos) 
O lindo sorriso que me inspirou este texto é maravilhoso e muito especial, além de encantador.
Infelizmente eu não pretendo expor o nome da minha inspiração, pois apesar de nunca tê-la conhecido e saber que hoje sua pequena alma encontra-se em outro plano, eu desejo manter esse meu segredo, sei um dia todos a tenham visto.
 
Fiquem com Deus,
Beijos
Bárbara Castro.

Amor e suas formas !

No silêncio dessa despedida eu escuto sua voz cantarolando uma canção para mim, e bem no fundo dos teus olhos, o brilho dos meus pedem com fervor que tuas mãos nunca deixem as minhas nesse vazio completo de escuridão. O teu cheiro me fascina, tua boca diz que 'não', e a minha implora um 'sim' (Fica, por mim!) .
Olhar vago, mente vazia, onde teus passos lentos caminham com o tilintar das pedras no calçamento. Pedras portuguesas, com a veracidade do branco com negro, do detalhe dos teus cabelos esvoaçantes ao soprar do vento. Tuas costas largas se afastam de mim enquanto meus braços caem lentamente, ouço tuas lágrimas correrem por tua face e tua certeza incerta dessa despedida (Não vá!) .

Eu lembro da sua gargalhada! Sorrio, choro, sorrio novamente e retorno a chorar, você está indo embora e não vai mais voltar (Será?) .
Começo a pensar no início, quando nos conhecemos naquele bar da Lapa, quando você sorriu pra mim e me chamou para dançar, lembro que as minhas mãos suavam trêmulas e você as beijou. Vontade de voltar nesse passado e mostrar que viver ao teu lado não tem preço determinado, não tem hora exata ou lugar qualificado.
Não pense que ao se distanciar vai esquecer-se dos beijos suados, dos passeios fotografados e do casamento marcado. Eu sou você e você sou eu, a distância não separa corações apaixonados.

Você para de caminhar e olha para trás com os olhos lacrimejantes e boca trêmula. Leva as mãos a cabeça como estivesse se arrependendo dessa estúpida decisão. E num momento de loucura corre em minha direção, sem pensar eu fechos olhos e sinto teu abraço apertado enquanto tuas lágrimas molham minhas costas suadas. As horas passam, o sino da igreja toca e a marcha nupcial enriquece o corredor da velha igreja de São Sebastião. Eu o vejo no fim desse tapete vermelho junto a este senhor que se diz honrado em casar apaixonados. Meu mundo se completa quanto ouço você dizer 'sim', eu dizer 'sim' e a igreja inteira aplaudir o beijo mais esperado.

Você caminha em direção a mesa de som e pega algo metálico, não sei reconhecer o quê até que ouço sua voz rouca ao microfone:

"Amor, eu poderia começar falando sobre o quanto sou apaixonado por você, mas decidi pensar em algo que me leva a não amá-la. E pensei e continuo a pensar, enquanto não descubro vou amá-la a cada instante que puder. Deus queira que eu nunca descubra para poder estar contigo por todas as nossas vidas! Confesso que nunca imaginei abandoná-la, desde quando beijei sua mão durante aquela dança eu senti que nada mais iria nos separar, nem mesmo o medo de fracassar em amar alguém tão incrível como você"
 

 
Escrever algo sobre um assunto indeterminado deixando fluir as palavras sempre foi meu maior prazer, sei que minha próxima leitura será totalmente voltada a críticas e exigências, mas o que seria de mim sem essa segunda leitura não é? Eu não reconheço em mim o dom da escrita, mas pelo menos sou persistente e se comecei quis terminar.
Escrevi ao passo de cada palavra, e fui construído o texto com base na minha imaginação transloucada de uma jovem apaixonada (Que seja ao menos pela vida! "risos").

Não se pode agradar todo o mundo e desta forma estou aberta a críticas, que sempre são bem vindas.
Tenham todos um excelente dia e noite, não necessariamente nesta ordem.

Beijos enormes.
Bárbara Castro.

O futuro está em suas mãos!

O futuro nunca foi tão distante quanto nos últimos dias, estava perdida numa energia negativa misturada ao medo de arriscar. Mas hoje estou tão ansiosa quanto uma garotinha de volta as aulas depois das férias na DisneyLandia. (Elas ficam loucas para contar ao amiguinho!)

Eu fiz um curso técnico em 2009, e desde então passei a adiar uma especialização que poderia ter aberto as portas ao ramo de trabalho, mas infelizmente eu dormi no ponto, deixei o tempo passar e hoje posso dizer que não tenho nada além de toda a minha garra para começar, e que seja do zero.
Estou tão ansiosa para fazer esse curso que nada vem a minha mente a não ser a emoção de me sentar numa cadeira e ouvir o professor explicar sobre Método de Eklund, Cleopatra, Incidência de Cleavage, etc.

Eu descobri que não interessa o que temos, só importa o que somos e o que queremos!

Eu sou uma menina estudiosa, que gosta de ler e aprender cada vez mais sobre a vida, e falo vida de modo geral, acho que não existe nada mais encantador que estudar a vida. Nesse curso eu estudo sobre a vida, mas de uma maneira mais biológica. Eu também gosto de poesia, música, teatro, sou totalmente voltada a arte. E eu quero ter possibilidades, quero ser alguém mais madura e instruída, mas eficaz naquilo que escolheu, quero ter profissão e admirar coisas boas, quero ter tempo e responsabilidade para um minuto de fotografias, onde curtir meu hobby será prazer de folga.

A política está aí, toda voltada as brigas de campanhas, toda em debates sobre violência e fichas sujas, mas falar de educação que é bom, ninguém fala ou promete nada! E eu terei que ir lá, votar num suposto ficha limpa, acreditar que ele talvez leve ao segundo turno, e torcer para que ganhe, dando a chance de ser melhor que o anterior ou roubar mais! Enfim, estou descrente da política, mas acredito em mim, acredito no meu bom senso, na minha capacidade, e não quero parar nunca mais! Darei meu melhor, e meu melhor é o MELHOR de mim!!!!

Infelizmente temos que lutar 'sozinhos', sem apoio político à educação, porque o que interessa a eles são votos, e a nós é uma vida mais justa e apropriada aos impostos que pagamos.

Não perca sua fé,
Não perca seu voto,
Seja confiante,
Acredite em você,
Estude, viva, cresça, apareça!!!

Boa tarde!


A primeira vez a gente nunca esquece!!!

Minha primeira vez...Não tão dolorida quanto imaginei, porém com sabor de quero mais.
Passamos a vida inteira de uma adolescência sem fim imaginando como seria uma primeira vez, como nosso corpo, mente e espiríto reagiria a um momento tão calórico?! É febril imaginar-me numa situação desta. Eu por cima, ele por baixo, meus pensamentos corridos, minha boca entreaberta. Ás vezes levanto, olho e me dou um beliscão, para tornar real a situação. PARO, respiro fundo e continuo na sensação de desejo cumprido, amor liberado e êxtase.
Delicioso momento, minha respiração chega a ficar ofegante, meus olhos lacrimejam, e eu continuo ali, sem pressa de terminar, com um único desejo: ME TORNAR MULHER DIANTE DA VIDA & DO MUNDO!
Imagino milhões de momentos pelos quais passei, fecho os olhos, medito, entendo, volto a abrir e cá estou, na mesma posição. Me sento de frente, reajo ao barulho constante de meus dedos vivendo a ilusória sensação de um leitor. Talvez ilusória não, pois há quem mesmo se torna sonho de suas realidades. Viajo e retorno...Não quero sair mais daqui!!!
Minha mãe bate à porta, eu me desconcentro, levanto e me desligo, entretanto retorno mais uma vez para minha primeira vez.
Essa luz aos meus olhos, essas letras misturam-se como eu perdesse o controle, releio e percebo que está pronto minha primeira postagem do meu delicioso blog.

ESTA É MINHA PRIMEIRA VEZ AQUI..
Espero que tenha muitos textos interessantes, pois ao longo da minha caminhada pretendo invadir isto aqui com ótimas idéias.
Enormes beijos.
Bárbara Castro .

PS. Eu o escrevi há bastante tempo, era para ser o primeiro deste BLOG !

" Amizade é um amor que nunca morre. "

Resolvi escrever sobre ela por um motivo óbvio, tudo que faz parte da minha vida com valor incontável também deve fazer parte do meu blog, e para não perder o hábito, também possivelmente falarei de amor. (Para quem já leu três textos no blog saberá o motivo deste hábito)
Quando eu a conheci a chamava de Thayane, ela era a novata no grupo de teatro. Logo no primeiro dia pegou meu caderno emprestado e pouco tempo depois nos adicionamos como 'amigos' na rede social mais popular do mundo. (Cito amigos entre aspas pelo simples motivo de não existir necessariamente nenhum vínculo de amizade aos membros deste grupo)
Eu lembro que nossa amizade partiu de um assunto sobre livros. Ela faz graduação em Letras, ama livros, animais, e coloca a família em primeiro lugar.
Existe alguma possibilidade de eu não querer essa amizade??

"Todo meu patrimônio são meus amigos"

Hoje quando conversava com a Thay (agora passei a chamá-la assim) sobre alguns fatos de nossa vida diária eu percebi que estava na hora de publicar aqui algo sobre essa amizade que eu faço tanta questão de existir eternamente.
As pessoas não são perfeitas, e vou logo contando aqui para que ela não venha depois com aquele discurso que ela não é tudo isso que eu falo mas agradece por exergá-la desta forma. (risos)
Repetindo, as pessoas não são perfeitas porque a perfeição está nos olhos de quem ver, é como a beleza. São totalmentes relativas. Existe um padrão mundial para a beleza, normalmente são loiros dos olhos azuis, apesar de eu preferir que sejam apenas pessoas! A perfeição não tem padrão específico, somente um limite. E você está dentro dele, querida!
Eu e Thay

Falar da Thay é muito prazeroso, ela é uma menina incrível, uma mulher sábia, uma amiga verdadeira, uma namorada padrão, uma filha invejável. Eu falo isso pelas qualidades que ela possue, pelas atitudes e pelas nossas conversas também. Engraçado que nossa amizade cresceu muito ao longo deste ano, para falar a verdade só nos vimos fora da aula de teatro umas quatro vezes, somente quatro? Nossa, e imaginar que tenho um carinho imenso por ela, sem termos nem um ano de convivência ainda. Mas fará logo logo, de acordo com nossos cálculos, dia 27 de agosto.(Semana que vem rs)

Menina de ouro, esse foi o único apelido apropriado que consegui designar a alguém com tamanha exatidão. Define toda a sua personalidade. Acho que seria bastante apropriado ousar escrever uma postagem no meu blog homenageando esta minha amiga com apenas "Menina de ouro" e uma foto dela. Quem a conhece saberia ler nas entrelinhas. Mas eu gosto de escrever, gosto de expressar meu carinho, meu amor. Gosto de demonstrar meus sentimentos de alegria e orgulho. E cá estou.

Thay, eu tenho orgulho de ter você como amiga, de apreciar sua companhia, nossas conversas ao vivo e/ou na internet. Amiga, eu amo você! Não tenho vergonha de expor esse amor, porque a "amizade é um amor que nunca morre" .

Frases citadas de , Emily Dickinson e Mario Quintana, respectivamente.
Amiga, te prometo um texto mais bonito na próxima vez!

Boa noite, fica com Deus.
Beijos enormes,
Bárbara Castro.

Dia das mães com poema de E. E. Cummings - PERFECT.

Dia das mãe é amanhã, oficialmente, porque todos os dias eu preciso agradecer à Deus por ter essa pessoainha linda na minha vida!!! Minha mãe é o que eu posso chamar de RAINHA. Minha deusa, minha jóia preciosa, meu amuleto da sorte, minha força, meu amor, minha votória!!!
Mãe, meu coração não é 'casa da mãe Joana', mas você todinha dona dele... (risos..) Quero dedicar esse poema a minha mãe, um poema que ouvi em um filme onde uma irmã recitava para a outra no dia do seu casamento, e é absolutamente apropriado para este momento tão lindo e especial!
Mãe, antes de qualquer coisa, eu te amo! Te amo mulher!! Te amo muitão!!!

Carrego seu coração- poema de E. E. Cummings)

Eu Carrego seu coração comigo
(Eu o carrego no meu coração)
Eu nunca estou sem ele
(onde quer que eu vá, você vai, minha querida;
e o que quer que eu faça sozinho, eu faço por você, minha querida)

Eu não temo o destino
(porque você é o meu destino, minha doçura)
Eu não quero o mundo por mais belo que seja
Porque você é meu mundo, minha verdade.
Este é o maior dos segredos que ninguém sabe.

(Você é a raiz da raiz, e o botão do botão
e o céu do céu de uma árvore chamada vida;
que cresce mais alta do que a alma pode esperar
ou a mente pode esconder.
Este é o milagre que distancia as estrelas

Eu Carrego seu coração
(carrego no meu coração)

Espero que gostem, beijo enorme,
Bárbara Castro.

Maio, mês das mães!!! (1)

Agora a pouco eu revivi a mesma sensação da última noite, quando estava quase adormecendo e me veio um pensando que por um instante me fez levantar e seguir para o computador. Escrever sobre ela, minha mãe, é o mesmo que reviver cada cartinha que eu já fiz carinhosamente ao longo da vida, principalmente as desenhadas. Era mega divertido entregar minhas preciosas cartas feitas com tanta dedicação e amor.

Hoje eu vou dedicar um verso que fiz pensando nessa grande mulher que alegra minha vida em todos os sentidos!!!
Doce sorriso, jeito meigo de olhar
Tuas promessas imaturas jamais serão tuas
Tua pele morena, delicada e serena
Dos teus passos, eu me ergo em tua juventude;
(Rio de Janeiro, 06/11/2011)
Beijos enormes e a todas as mães, um maravilhoso mês, ano, vida! Afinal ser mãe não questão de dia, ser mãe é uma honra de infinito amor! Peço à Deus que me dê essa oportunidade daqui a muitos anos, é claro. (risos)




Seja o juiz da sua vida.

A vida é, exclusivamente, um bem adquirido por cada um de nós. Somos os juízes e, muitas vezes, os réus.

Sabe aqueles momentos que temos a infelicidade de dizermos que Deus nos castiga? Na verdade nossa própria consciência é que ''bate o martelo''. Ela que nos faz pernoitar com preocupações,e nos tira o equilíbrio emocional; A consciência é o juiz da questão! Todo mundo tem a sua, entretanto, há quem diga que alguns não a possui, mas na verdade estes indivíduos são mais resistentes a percebê-la, são mais frios e quem sabe até acreditam que são perfeitos em tudo que eles fazem, dando à consciência sinal de que ela está abusivamente errada.

Concluíndo essa primeira parte do texto, eu gostaria de lembrar a cada um de vocês que, o castigo partindo de Deus é inexistente. Deus é uma força muito grande para se importar com nossas falhas inutéis. Ele nos ama sendo errados ou certos. Apesar que, é nossa consciência que nos dita o que é errado ou certo, juntamente com a nossa educação familiar. Somos nós que possuímos o livre-arbitrio, e somos nós que decidimos por onde pecorrer, com quem, quando, e para onde iremos. O que plantamos aqui é exatamente o que colheremos, não adianta plantar egoísmo e querer colher amizades verdadeiras. Não adianta querer colher amor sincero plantando o ódio. Seja você hoje como gostaria de teu próximo fosse com você amanhã!

Eu vou finalizar, mas antes quero agradecer os meus humildes pensamentos para esse texto, porque eu me dei conta que os meus melhores pensamentos não são atribuídos somente a mim, a minha sabedoria. Então, quero agradecer a Deus, pelas minhas conquistas, pela sua companhia todos os momentos da minha vida, agradecê-lo pelas ideias, pelas pessoas a minha volta, pelas oportunidades,... Meu grande pai, que sempre esteve comigo, mesmo nos momentos que eu o tenha esquecido, obrigada por me permitir ter fé e acreditar calmamente que tuas ideias são melhores que as minhas, e teus projetos para comigo estão a todo momento presente em minha vida! Obrigada por mais essa dádiva!

Sem crê, sem fé,... Não seria tão forte, tão sábia, tão esperançosa!
Hoje é sábado e quero desejar a todos um final de semana bem especial, sorriam que a vida é movimentada por sorrisos! Beijos enormes.
Bárbara Castro.

Evangelho segundo o Espiritismo - Pág 233

Sabe qual é a pior derrota para um ser humano? Ser derrotado pelo seu grande e maior adversário: Você mesmo!!!
 Acabei de abrir, aleatoriamente, o Evangelho Segundo o Espiritismo (livro que tem se tornado meu grande aliado nessa vida), normalmente eu o abro pedindo a Deus um conselho em suas palavras! E tenho certeza que todas as vezes eu sou bem aconselhada! Mas hoje, logo hoje, eu voltei a sentir a consciência falar... E logo aquela mesma coisa de antes, que tanto luto para esquecer, já que o assunto não me diz respeito...Abro o evangelho pedindo um conselho, pedindo a Deus que me ensine a dicernir o verdadeiro do falso e olha só que me vem na página 233, a qual abri de olhos fechados: "Apenas, Deus, em sua misericórdia infinita, vos pôs no fundo do coração uma sentinela vigilante, que se chama consciência. Escutai-a, que somente bons conselhos ela vos dará". Mas me pergunto, essa voz que insiste em falar a mesma coisa, essa voz é da minha consciência? Ou será que estou me auto enganando? Por enquanto eu preciso aguardar para descobrir, somente o tempo dirá. Eu só espero não ter que me decepcionar caso eu tenha que tomar alguma atitude antecipada!!!

Cansada de algumas coisas, de ser quem eu sou, de agir como tenho agido, cansada de ser a Bárbara de sempre!!!

Hoje eu não estou para sorrisos, infelizmente.
Boa noite e fiquem com Deus.
Bárbara Castro.

Meu momento..

Meu coração palpita em desalento, eu sufoco minhas ideias com dúvidas crueis. Não suporto mais a indecisão e a minha agonia. O que eu faço para me permitir sem medo? Abro mão do meu sorriso quando penso no vagar da sua alma, jovem e imatura nas noites duras. Penso em ti, e em toda negatividade persistente em teu caminho de luz, já não suporto saber que o foco de sombra vem daquilo que tu diz acreditar ser bom.
Me sinto falsa quando em ti meu pesar se lamenta, porque não me abro a sinceridade de nossa amizade? Medo talvez da sua interpretação! Cada qual sabe interpretar de uma maneira, e a minha, será que estou certa? Será que não sou eu a dona de todas as negatividades que vejo? Porque sinto que a minha insegurança se amedronta quando penso nele contigo?
Ai meu Deus, meu nobre e humilde pai, o que eu faço para deserdar essa ideia louca de uma obscuridade insana? O que me leva a acreditar nisto?
Me sinto sem chão quando minha mente se preocupa em agradar você e meu coração busca uma maneira de dizer o quanto lamento saber que ele não serve! Mas será que não estou sendo dura demais? Ou será que minha lucidez me permite entender exatamente como é?
Já não sei quem sou, o que eu faço e o que farei?! Só quero entender de uma vez por todas, numa única dosagem, que esse amor és verdadeiro enquanto dure e nunca, jamais, venha a deixá-la triste.. Por que não vou suportar ver que tudo aquilo que imaginei e um dia poderia impedir de acontecer, venha a existir..
Te amo em todos encantos que minh'alma poderá entender.
Fica com Deus! Só ele poderá lhe proteger.
Beijos enormes,
Bárbara de Castro.

Soneto de Fidelidade - Vinicius de Morais

Poema? Um poema tem que possuir a alegria nas suas palavras, emoção em seus sentimentos...
Esse sempre foi um dos meus preferidos, desde dos meus tempo de infância.

De tudo ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

Espero que sinta a mesma emoção que tenho quando o leio. Boa noite!

Simply Red - For your babies.



Outro dia eu estava vendo alguns vídeos pelo YouTube e resolvi pesquisar por algumas mais 'antigas' e descobri essa, uma das que fiquei admirada pela beleza em sua letra. Também me fez lembrar uma relação pessoal e alegre que tenho com uma pessoa especial. Então, dedico a letra a ela...

Beijoos enormes!

Abrindo o coração.

Sinto-me as vezes sozinha, tentando encontrar a solução de uma interminável equação matemática. Vontade de abrir o coração, contar o que se passa e quais as razões. Mas o medo da incompreensão... Quem dera o concreto da razão e a delicadeza da flor tomassem conta de mim.

Ultimamente meus sonhos têm sido abordado em único assunto. E esse assunto me assombra os pensamentos. O que pode haver, espiritualmente falando, em você não encontrar algo que possa relevar as circunstâncias? É muito comum você conhecer pessoas mundo à fora e em algumas delas você chegar a dizer 'meu santo não bate com o dele(a)'. Essa frase é muito antiga, ainda pesquisarei mais sobre sua origem. Mesmo sendo comum eu fico na indelicadeza de me sentir uma pessoas cometendo o mais terrível de todos os pecados. Entretanto, a cada minuto da minha vida, digo os últimos que sucederam os fatos, eu tenho pedido a Deus que tire de mim quaisquer incertezas da verdade, que elimine e purifique meus pensamentos e minhas atitudes. Não gosto e não desejo continuar cultivando algo que não faz bem a mim!!!  Mas o que fazer se a presença incomoda? O que fazer se em meus sonhos eu sinto medo dessa presença, sinto que essa presença fará algum mal... E eu acabo me perdendo novamente em sensações que não são concretas.

Meus sonhos são reias, de algo que já tenha acontecido numa outra vida ou são alarmes do que pode acontecer? Também há possibilidade de serem, eles, apenas uma criatividade minha?O que não interfere em nada esssa ultima possibilidade e também não é inclusa na espiritualidade da qual estudo. Pois tudo que tu sonhas é relevante!

Como disse no início, vou deixar a vida levar.. Mas não vou fechar os olhos, não vou me ausentar, não vou perder de vista.. Não vou e não desejo torcer para estar certa, mas lá no fundo da minha alma sempre sinto a certeza.

Beijoos enormes,
Minha querida e delicada válvula de escape! (Blog)
Bárbara de Castro.

Livro - A vida é feita de escolhas .

Ler é sempre o melhor remédio! Ao termino de um livro a sensação que eu tenho é de inspiração, paz, elevação do meu corpo como se estivesse flutuando. Ler um bom livro é como amar sem medida, enxergar sem abrir os olhos, é como escrever sem tem um porquê. Eu fico fascinada por cada livro que leio, e esse em especial, me trouxe o prazer em absoluto. ‘A vida é feita de escolhas’, e somos nós os verdadeiros donos destas escolhas, que podem nos beneficiar ou não. 
A prazer de uma leitura está em nos identificar com algum personagem ou alguma de suas atitudes. Eu fico imaginando o que faria acaso estivesse ali sendo aquele personagem perdido nas escolhas da vida, sufocado de remorsos, triste. Imaginando que Deus não seria mesmo justo se não pudesse nos dar a chance de reencarnação. Onde nosso esquecimento nos beneficia com o ilimitável poder de amar a quem ousou nos ter feito algum mal em um passado não tão distante. Às vezes eu brinco dizendo que era ‘isso ou aquilo na vida passada’, a verdade é que a leitura desta vida em que vivemos hoje teria grande realidade em nos mostrar quem fomos, mas nosso amadurecimento não nos permite ainda descobrir quem somos hoje. Então como ler a nós mesmo? 

Quem você é? O que você faz? O que se passa no seu intimo?  

É difícil fazer essa leitura, nossa própria leitura. Então só posso chegar a conclusão que somos imaturos espiritualmente falando.  

Esse livro que acabei de ler, escrito por Elisa Masselli que soube receber a mensagem e não teve medo de se expor. Nele conta que todos podemos receber ajuda a cada momento, dos mais ou menos necessitados. Eu acredito nessa possibilidade, sei que já vivi algumas vidas, que hoje tento resgatar sentimentos por pessoas que possam ter se magoado comigo eu as magoado. Esse resgate, apesar da nossa intuição, inspiração, apesar de estarmos diretamente ligados a guias espirituais que nos consola e nos envia pensamento de luz, temos o livre-arbítrio da escolha, eles mentalizam o bem e nós fazemos as nossas escolhas de acordo com que achamos ser certo ou errado.  

Diante da vida que eu levo, das minhas possibilidades infinitas, dos sentimentos que me seguem, das possibilidades que eu acredito ser certas ou não, eu vou caminhando em busca do que considero ser o melhor. Posso estar no caminho errado, mas meus pensamentos e minhas atitudes estão sempre em busca de evolução. Sei que não estou preparada para muitos passos que terei que dar, ainda não aprendi a conviver com muitas pessoas que necessito interagir, por que nem sempre estamos preparados para dar um passo tão gigante quanto o do perdão. Mesmo sabendo que antes de perdoar alguém, devemos analisar se não necessitamos nos perdoar primeiro. Quem errou primeiro? Você ou ele?

Vamos pensar nisso, analisar mais a vida...  

Por hoje eu fico por aqui, tenho meus deveres de casa a fazer, meu exercício físico e uma palestra interessante da qual estou ansiosa para assistir. Beijooos enormes, fiquem com Deus.  

“Dependerá de cada um encontrar o seu caminho e ser feliz”

Bárbara de Castro (Inspiração, meu bem. É como o canto do passarinho. Não perca um 'pio' sequer.)
Obrigada!

Amar é admirar com o coração.

Há tantas coisas boas que nos acontecem ao longo da vida e que, infelizmente, não paramos para agradecer. E o melhor de tudo é que essas ‘coisas’ são, na maioria das vezes, pessoas que entram em nossas vidas com simples propósitos.É, e assim eu acabo me apaixonando mais e mais. (risos)

Não tem como não se apaixonar por esta pessoa a quem dedico todas as palavras a seguir. 
Um homem jovem, com uma alma incrivelmente madura. Possui a sinceridade no sorriso, carinho no olhar, amabilidade no abraço. Isso é perceptível para qualquer pessoa que já o tenha visto. (Exceto alguns poucos que não somam ou subtrai na vida de ninguém).
Lembro da primeira vez que o vi, estava com uma roupa cigana e um lenço amarelo. Raio amarelo de 2010. Eu havia chegado atrasada, percorri com minha tia Jana diversos lugares, perdidas em Nova Iguaçu. Mas chegamos a tempo de abrir meus olhos para aquele mundo do qual eu nunca imaginei querer tanto fazer parte. Me realizo a cada momento em que passo ali, naquele salão e com aquelas pessoas. São as melhores energias.

Minha primeira impressão dele, e não posso negar, foi absurdamente ‘louca’ para o espaço religioso no qual estava. Tenho que confessar (morrendo de vergonha rs) que eu o achei muito bonito. E aquele sorriso? Gente, quem resiste aquele sorriso? Bom, até hoje, com todo o respeito que tenho por ele, eu ainda o acho lindo, aliás, mais lindo ainda com sua beleza interior e uma espiritualidade invejável. Tenho muito orgulho de falar dele, porque me faz sentir uma paz imensa e também porque sou abertamente uma das muitas pessoas que abrem a boca, com sinceridade, e dizem ‘eu o amo’. Como sempre digo, amar é bem melhor do que ser amado e é mais prazeroso. Não que eu negue a correspondência... (risos!). O amo com total admiração! E ele sabe disso.

Não pretendo me estender muito porque seria muito fácil falar da minha admiração por este homem, e ficaria aqui uma eternidade e as palavras faltariam para descrevê-lo. Hoje, ainda com minha timidez feroz, eu fico vermelha ao chamá-lo de ‘pai’, mas o chamo com muito orgulho.

Pai, qualquer dia desses, o momento certo vai acontecer, a minha insegurança vai desaparecer e aí vou chamar você de pai sem coloração facial. (risos!)

Obrigada por ter entrado na minha vida, pelo momento difícil em que obtive aquele abraço reconfortante, a palavra conselheira,... Obrigada de coração, você se tornou muito importante para minha vida. Tenho certeza que para a vida de todos os seus filhos também.
“Há pessoas que nos falam e nem as escutamos, há pessoas que nos ferem e nem cicatrizes deixam, mas há pessoas que simplesmente aparecem em nossas vidas e nos marcam para sempre”

Beijos enormes,
Bárbara de Castro Pontes.

Falando dos meus avôs, João Batista e José Pontes.

Quando nascemos e ao longo da nossa criação recebemos lições a cumprir, somos educados de acordo com a educação que os nossos pais e responsáveis receberam. Minha mãe conta, entre lágrimas, que o meu avô era um pai muito severo. Que batia em seus filhos por motivos insignificantes, como vê-los tropeçar.Eu fui a primeira neta do meu avô com a minha avó e foi o meu avô quem me deu a primeira calcinha. Quando lembro dele sempre me recordo que ele adorava sentar com os pés apoiados em banquinho, pois sentia dores nas pernas, também lembro muito das suas costas largas e do quando gostava de abraçá-lo. Ele me mimava muito, e adorava tirar coco para eu beber da água e comer aquelas raspinhas, também gostava muito de levar até a minha casa um saquinho de acerolas, e ele ia caminhando por alguns poucos quilômetros todas as semanas. Ele foi maravilhoso, não tenho como agradecer por ter tido a oportunidade de conviver com ele, pode não ter sido um bom pai (conseqüentemente ele deve ter sido educado para ser o pai que ele foi), mas ele foi um avô excepcional, que me perdoe o outro avô, mas meu vovozinho João Batista pai da minha mãe foi meu único avô da maneira mais bonita e simples que ninguém mais conseguiria ser.

Quando falo sobre isso as pessoas imaturas devem imaginar que não dou valor ao outro avô, mas meu pai já o disse: “Meu pai usa saias e tem o mesmo nome da minha mãe”. E foi exatamente assim que aprendi a vê-lo. Na verdade eu não o via. O meu avô paterno foi ausente em toda a educação do meu pai. Pela estória contada timidamente pela minha avó, meu avô já não estava mais ao lado dela quando meu pai nasceu, e também se ausentou de ajudar na educação de todos os outros quatro filhos. Não tenho mágoa dele, aliás já senti muito orgulho daquele velhinhos, orgulho pelos feitos ‘materiais’, mas tristeza pelos feitos ‘emocionais’. Ele foi fraco quando deveria ter sido forte, e abandou os filhos. Sabe como eu o conheci? Por pura curiosidade! Resolvi ir até a casa dele com meu tio, que todos os sábados ia visitá-lo, o único filho que o visitava com freqüência. Meu pai só esteve com ele uma única vez, foi muito bonito apesar do preconceito que rondava naquela casa, dia dos pais, eu o convenci a todo custo a ir naquele almoço, e o Seu José Pontes teve seu último presente. Talvez não tenha sido digno a recebê-lo com tanta alegria, mas fomos de corpo e alma a um almoço na casa dele, a alegria em seus olhos de estar na presença de todos os filhos somente ausente tia Luzia, alegria em seus olhos o tornou digno.

Hoje eu já não tenho em vida nenhum dos dois avôs, partiram para uma nova jornada. Cada qual seguiu o caminho que escolheu, viveu o que acreditou ser certo e conquistou o que merecia. Partiram jovens, não viveram o suficiente para conhecer seus bisnetos, mas terão outras oportunidades.

Há pouco eu estava pensando em qual assunto falar aqui, imaginando algum texto em mente, algo que me levasse a uma variedade de palavras que unidas formariam um texto. Enfim, se falar dos meus avôs é a intenção não intencionada então que seja.  

Deixando claro que apesar de serem completamente diferentes, eu não tenho mágoa de nenhum, aliás de ninguém. 

A cegueira dos nossos atos nem sempre é fácil de curar. Pode levar anos a fio.

Um beijo especial a uma pessoainha muito importante na minha infância, e graças a meu avô paterno juntamente com minha maravilhosa avó Maria DoCarmo, sem esses dois seria impossível tê-la na minha vida. Quero deixar um beijão a minha prima Carla que provavelmente irá ficar de cabelo em pé quando ler esse texto e encontrar um ponto no qual eu cito o quanto acredito e tenho fé naquilo que me vale crer. Mesmo assim, mesmo com as nossas diferenças religiosas, temos o mesmo Deus e o mesmo sangue correndo na veia. Além do mais, eu hoje lembrei muito dela, porque é puro e simplesmente que jamais deixaria de amá-la, tanto quanto meu irmãozinho com quem fui praticamente criada, Robério. (Que também me lembrei muito hoje). Esses dois são os meus primos mais iluminados e maduros da minha família paterna. Isso eu posso falar, como meu ponto de vista! E é difícil eu me enganar. Porque o amadurecimento pode ser visto na quantidade de julgamento que uma pessoa faz. 

Beijo enorme a todos,
Fiquem todos com Deus, muita luz nas nossas vida. Tenhamos fé independente de religião, porque a religião só serve para nos distanciar do próximo, e Deus nos quer unidos na fé de acreditar nEle.

Bárbara Castro.

Aumento salarial é?

Hoje eu pensando naquele assunto chato... Aumento salarial!
Lembro que na primeira semana de janeiro, um telejornal estava entrevistando alguns brasileiros, os perguntando o que fariam com este aumento?! E as pessoas ali fazendo planos, se perguntando o que poderiam comprar a mais no 'mercado'.
Sinceramente, era melhor nem ter aumentado. Porque com esse aumento mínimo tudo aumenta, tudo mesmo. As comidas, as passagens, os impostos...
Minha mãe paga aquele boleto do INSS-Previdência Social, e hoje fomos pegas de surpresa, porque até mês passado ela pagou R$ 109,00, e com o 'aumento salarial' foi para R$ 124,40. QUANTO FOI EM REAIS O AUMENTO DO SALÁRIO MÍNIMO MESMO? Acho que só aí já acabou todo!
Os ônibus, logo no dia 02/01 já estavam no valor de R$ 2.75, com aumento de 0,25 centavos. O que poderia parecer pouco, mas fazendo as contas, levando em consideração um trabalhor de segunda a sexta feira, ele gastará R$ 10,50 por mês a mais. E as Barcas S/A que sofreu um aumento de R$ 1,70. É isso mesmo, o que até 1º de março valerá 2,80 para se trasnportar de barca, após esta data será reajustado no valor de R$ 4,50. Mas eles são ótimos, e têm benefícios para os portadores do 'BILHETE ÚNICO', pois poderá pagar R$ 3,10, limitada até duas passagens por dia. De qualquer forma existe o bilhete único que pode ser feito em alguns pontos de fácil acesso. E possue a vantagem de se utilizar dois ônibus pagando apenas uma passagem num periódo de 2 horas. O que nem sempre acontece, já que o transito está cada vez mais caótico.
Outro dia perguntei a minha mãe se ela se considera classe média. Porque havia lido na Revista Época uma frase célebre da nossa presidente Dilma. Ela dizia que ninguém que possua casa própria faz parte da classe média. Moramos de aluguel, mas temos uma casinha em outro estado, que está recentemente alugada. De certa forma, somos da classe média! Mas quais os benefícios mesmo? Meu padrasto é uma pessoa maravilhosa, não é perfeita, mas tem bom carater. E também possue dois filhos de outro casamento, meninos adoráveis, os quais hoje os trato como meus irmãos. Meu padrasto tem bom salário, paga as pensões em dia, nunca falta com nada. Mas um dos meus irmão é diabético, e necessita de insulina, seringas, fitas, etc. Sempre o vejo em pesquisas pelo telefone, tentando encontrar farmácias com preços melhores. Nosso carro não é o melhor, mas anda. Moramos de aluguel, mas temos a felicidade de nada nos faltar. É, eu não posso reclamar por mim, mas existe por aí pessoas que nem água potável têm para beber agora. E que provavelmente jamais lerão este blog por que não possuem internet...
Então vamos seguindo, vamos continuar a pagar as contas telefonicas, as viagens, as férias deles. Vamos pagar em dia todos os impostos. Afinal, os políticos estão lá, trabalhando em nosso favor, né?
Eu quero aprender mais sobre a política brasileira, sobre essa democracia que possuímos.. Vou pesquisar mais sobre estes assuntos porque as vezes eu acho que ando criticando em vão. Não posso acreditar que enquanto estamos sofrendo para chegar ao final do mês com as contas em dia, alimento na mesa e a educação para os filhos e quem sabe os pais também, eles estão 'trabalhando' em salas climatizadas, fazem e aprovam seus próprios aumentos salariais, planejam seus feriados, viajam com toda a família, enfim... Ontem estava numa palestra espiríta, eu ouvi a seguinte idéia: Os políticos são nós, são nós quando recebemos o troco a mais e não o devolvemos, são nós quando passamos pelos mais necessitados e fechamos os olhos, são nós. Só há uma diferença: Eles lidam com coisa maior.
Beijoos enormes e fiquem com Deus,
Bárbara Castro.

Feliz Aniversário minha bebêzinha!!!

Não sei o quanto de amor existe em mim, mas o tamanho é semelhante ao universo!  

Delicado é o amor incondicional em mim.
Descuidado, transparente, sufocado em pensamentos.
Necessitando gritar de amor imenso.

Certa vez eu acreditei que houvesse descoberto o tesouro mais especial da minha vida, mas jamais imaginei que o mesmo só viria aos meus 17 anos de idade.
Foi no mês de maio de 2006 que encontrei, na cidade maravilhosa, a ‘peça’ que faltava para felicitar a minha vida. Pois é, ela representa exatamente isso, é sem dúvida a segunda pessoa mais importante na minha vida. (Absolutamente que Deus não se inclui nesta lista, sendo que Ele é a força e amor que habita em mim.)
Não foi no primeiro instante que construímos uma confidencialidade, mas ao longo do ano de 2007, 2008 e 2009 (Este último foi o ano em que mais estive ao lado desta pessoa, a qual se tornou minha melhor amiga confidencial, minha tia, minha terapeuta, minha conselheira, meu presentão e nos anos seguintes, minha bebêzinha.)

É com muito orgulho que costumo dizer que a amo, porque independente de ouvir resposta ou não, eu consigo sentir esse amor retornando a sua maneira. (E mesmo que não houvesse retorno eu ainda a amaria, sem limite como já faço de todo o coração). Ela é um encanto, sempre muito alegre, simpática. Uma pessoa que tem bom coração, de atitudes generosas, uma pessoa de força e coragem. IMPOSSÍVEL não admirá-la.
Eu posso dizer aqui, de peito aberto e com a mais sincera das palavras que, só existe neste mundo duas pessoas pelas quais eu daria minha vida, se necessário. E sei o quanto de egoísmo há nesta frase, pelo fato de eu não imaginar minha vida sem a minha mãe Joana e a minha tia Jana. (Meus dois maiores amores!).

Foi ao lado dela que vivi minhas alegrias mais perfeitas, foi com ela que aprendi a ser mais feliz, aprendi a expressar meus sentimentos, e seus ouvidos sempre suportaram as minhas palavras, os meus lamentos. (Mesmo que logo após eu viesse a ouvir suas broncas – e de certa forma, só dá bronca quem nos gosta!).
Presentão, você conquistou o seu espaço aqui, no meu coração. E amar você é sentir a melhor sensação que existe no mundo, é vibrar com tua alegria, com teu lindo e iluminado sorriso, é cativar tua companhia, é nascer a cada vez que olho nos teus olhos e percebo o quanto de ti existe em mim, o quanto de amor... Minha bebê, não sei como felicitar você pelo dia de hoje, não sou capaz de tamanha façanha, mas quero tentar, quero que você sinta o meu amor, sinta a minha admiração, o meu carinho, a minha torcida pelo teu sucesso! Estou aqui minha linda, estou sempre aqui... Não sou a sobrinha mais perfeita ou mais amorosa, mas sou a força de uma tentativa, VOU TENTAR! (risos entre lágrimas). 

FELIZ ANIVERSÁRIO, EU AMO VOCÊ DO TAMANHO DO UNIVERSO!

Um beijo muito especial, que Deus a abençoes com tudo de melhor, com saúde, com paz, com muito amor, com um excelente emprego, com luz no seu caminho, que abençoe os teus passos, que proteja teu caminho, e diante de qualquer ‘pedra’ Ele possa contigo pular. Obrigada por encher-me o coração e minha alma de alegria. 

“Tudo que você fizer será insignificante, mas faça, pois ninguém o fará.” Amo, amo como se não existisse nada mais além de amor. Então, amo tudo que você representa!!!  

Minha bebêzinha, fica com Deus e até daqui a pouco. Eu não canso de falar que te amo... 

Beijos enormes,
Bárbara Castro.

A felicidade de ter você na vida é toda minha!!!

Lembro do quanto fiquei feliz ao concluir este vídeo. Foram dias para as escolhas das fotos, das frases... Mas no final eu fiquei muito realizada, pela homenagem que eu consegui fazer a esta pessoa tão especial. Então, chegando nesta data especial (amanhã!) eu decidi relembrá-lo, ainda com aquela canção na voz de Marina Elali que só me faz lembrar da minha tia, minha bebêzinha, meu presentão!



Fica na saudade as suas mil faces, e na memória o quanto de felicidade teus sorrisos me proporcionam a cada intante.
Obrigada bebêzinha, tenha um dia lindo amanhã!
Te amo muitão..

Beijos da 'sua neguinha'.

Beijos enormes,
Bárbara Castro.

Paquetá - RJ (Em ótima companhia!)

Sou águia nesse céu imenso, sentindo o vento soprar lentamente e minhas asas adaptarem-se a velocidade dele. Sou eterna pureza de um Ser jamais visto antes, sou riqueza de sorrisos, sou olhos fotográficos registrando ao pequeno detalhe.
Minha maior riqueza não se encontra dentro de um cofre trancado, mas dentro da sinceridade e espontaneidade de um sorriso! Se um vento soprar minha alma para outro lugar, vou chorar eternamente. Porque se descobre aqui, neste estado, o fim da minha busca pelo o que eu sou.
Cuidarei daquilo que ganhei, e meu orgulho apreciará a mais bela de todas as atitudes humanas: Amar a Deus sobre todas as coisas. (Nenhuma oração, mandamento ou algo assim, nunca existirá sem que o amor nEle exista em primeira causa). Amando a Deus acima de tudo, tuas qualidades serão em preservar o meio ambiente, em cultivar a paciência e o amor, e se colocar no lugar do outro.
Imagino a solidão mais bela, aquela a qual você está habituado a viver e a vive intensa e amorosamente bem. Quando se pode, mesmo fechado em um pequeno quadrado, enxergar o céu entre nuvens, árvores ao vento, um sol em 'perfeição harmônica' com aquele momento feliz.
Existe em minha alma a capacidade de amar sem medidas. Amor é o mais belo de todos os sentimentos, tão belo que jamais deixa de existir. Amar pessoas, coisas, momentos.. Isso é genial! Um momento nunca morre na saudade, ainda mais quando se torna algo tão precioso a ser recordado.

Obrigada as minhas adoráveis companhias, Marcos, Thay e Itair.

 
Beijos enormes, fica com Deus.
Bárbara Castro.

O amor jamais acaba. (Se acabar, não era amor!)

Como é possível alguém dizer ao outro que o ama e depois dizer que o odeia? Amor não é sentimento passageiro, não se pode amar ninguém por um simples e único momento, tem que ser para sempre! Senão, não era amor e sim paixão, tesão, atração.
Eu já amei situações, momentos, já amei companhias. Sei que parece absurdo, mas amar um momento com alguém é absolutamente aceito se por acaso, mesmo que esse alguém o traia você jamais esqueça daquele momento com carinho e amor.

Então quando você resolver falar que ama uma pessoa, tente encontrar esse amor tão profundamente que jamais tenha motivos para dizer que o amor acabou, porque ele jamais acaba! O amor nunca acaba, é eterno! Deus o ama, e é o amor mais belo existente hoje, como exemplo. Ele o ama mesmo que você jamais retribua este amor, é um amor tão sincero que independe de qualquer atitude sua.  
Não é simples amar alguém, mas é genial sentir esse amor dentro de si. É caloroso, arrebata e faz o coração palpitar de maneira diferente, eu diria até que, é a melhor sensação que existe no mundo!!! Melhor até do que ser amado, como muitos pensam. 

Para saber desse amor eu utilizo das seguintes táticas: Quando estou sozinha eu fecho os meus olhos e imagino uma pessoa que possivelmente ame. Imagino-a sorrindo, chorando, lembro das brigas que tivemos, dos erros que ela cometeu, dos seus piores defeitos. Vou tentando lembrar tudo que vivi ao lado dela. E ao mesmo tempo a sensação vem à tona, é incrível sentir o que sinto com tamanha proporção. E desse momento em diante, mesmo que fique com uma ‘raivinha’ desta pessoa ela jamais deixará de existir em mim, e meu amor será eternizado na amizade, na cumplicidade mais sincera, e quem sabe até numa próxima vida, novamente; 
Não deixe de amar suas companhias, seus momentos, não deixe de amar sua vida, ame objetos, coisas, mas saiba valorizar o que mais te enriquece, pessoas maravilhosas. Mães, eu tenho uma inveja muito boa do amor que vocês devem sentir pelos seus filhos. Esse amor é acima de tudo tão especial que me emociono ao lembrar que sinto algo quase que parecido pela minha mãe e pela minha tia Jana. Talvez meu engano seja o maior possível ao querer comparar meu amor por elas ao de uma mãe pelo filho, mas sei que o amor que invade meu ser e penetra em minha alma é tão verdadeiro quanto à vida que eu tenho.

AME, AME MUITO. ENCONTRE O AMOR NAS PESSOAS, E AS AME. DESCUBRA O QUANTO É MARAVILHOSO AMAR, E PARA VOCÊ QUE JÁ AMA, COM TANTA CONVICÇÃO, CONTINUE A SENTIR ESSE AMOR ETERNAMENTE.

Boa noite e fiquem com Deus.
Bárbara Castro.

Lenda - A divindade está dentro de você!

Ontem, durante uma conversa com uma amiga, eu encontrei dentro do meu mais profundo sentimento, a sabedoria de fazer alguém sorrir. E fui dormir muito feliz, porque eu simplesmente conquistei meu dia inteiro num momento sincero e espontâneo. Sempre gostei de fazer as pessoas felizes, mesmo sabendo que a felicidade encontra-se dentro de cada um de nós. E meu trabalho nisto é, fazê-la ser encontrada! Não tenho como agradecer à Deus, por permitir que minha alma eterna e a cada passo mais sábia encontre a alegria em admirar os sorrisos diversos. Obrigada, meu pai.

Hoje, não faz mais que dez minutos, eu li em um blog um texto, uma lenda. E gostaria muito de dividí-la com vocês, pela ternura que ela traduz em palavras e pelo equilíbrio sentimental que transpassou dentro de mim. Espero que gostem, assim como eu gostei ou muito mais. Leia-a:


"Conta uma velha lenda hindu que outrora todos os homens eram deuses, mas abusaram de tal modo da sua natureza divina que Brama, o Senhor dos deuses, decidiu retirar-lhes esse poder divino e escondê-lo em lugar onde lhes fosse impossível encontrá-lo. O problema, contudo, era encontrar esse esconderijo.
Brama convocou, pois, todos os deuses menores a fim de resolver este problema, e a sugestão que eles lhe deram foi enterrar a divindade do homem bem no fundo da terra. Mas Brama respondeu-lhes que isso não seria suficiente pois o homem escavaria a terra e acabaria por reencontrar a sua natureza divina.
Então os deuses sugeriram que se atirasse para o fundo do mar a natureza divina do homem. E de novo Brama lhes respondeu que, mais tarde ou mais cedo, o homem exploraria as profundezas do mar e a recuperaria.
Os deuses menores já não sabiam que outros lugares poderiam existir, quer na terra quer no mar, onde o homem não conseguisse chegar um dia.
Então Brama disse: "Vamos fazer o seguinte com a natureza divina do homem: vamos encondê-la bem no fundo de si mesmo, pois será esse o único lugar onde o homem nunca a irá procurar."
E desde esse dia, segundo conta a lenda, o homem tem percorrido e explorado o mundo, subido às montanhas mais altas e descido às grandes profundezas da terra e do mar, sempre à procura do que está dentro de si próprio".
 
 
Porque não encontrar nossa divindade, nosso equilíbrio, amor, paz, felicidade, ... Porque não encontrar dentro de si aquilo que procuramos por aí, nas pessoas que amamos, nas coisas, objetos, lugares,... TUDO ESTÁ DENTRO DE VOCÊ! Encontre e descubra o maior prazer em viver.
 
Beijos enormes, Bárbara Castro;

PS. Não posso deixar de citar onde eu descobri esta lenda. Foi no blog da Chiara Civello, tá pessoas? bjs novamente e sempre.