AMOR SEM LIMITE!

Hoje quando acordei,  fiquei por um instante deitada, olhando as cortinas rosas do quarto da minha tia e imaginando o sol belíssimo que estaria lá. E meus pensamentos se elevaram a um assunto que normalmente trato em todas as minhas postagens, AMOR!

Amor verso ódio, em qual torcida você está?
Não estou aqui para jugar ninguém, quero antes de qualquer palavra mencionada, deixar claro que essa postagem é mera consciência pessoal, pois de fato, estou inclusa quando citar pessoas, outros, ou quaisquer que mencione o ser humano em geral.

Existe uma situação que costumo reparar nas pessoas (não esqueçam de mim rs) que ao odiarem alguém, ao se decepcionarem com outros leva isso a risca, comenta, chatea-se com facilidade quando o assunto vem à tona, é comum ver isso acontecer. Nós temos facilidade em não gostar de uma pessoa e gritar ao mundo o quanto não gostamos dela.

Mas será que o amor cresce da mesma maneira?
Não vejo isso acontecer. Porque o amor ele sofre de limitação! Não que as pessoas não amem, elas amam e muito, mas infelizmente muitas limitam esse amor. E como seria limitar o amor, no meu ponto de vista? Limitar o amor é esquecer que o seu primeiro amor em vida foi entre mãe e filho. Foi o amor mais puro que existe, o INCONDICIONAL, que felizmente, também pode ser sentido por outras pessoas que não sejam mãe ou pai. O amor é um sentimento que pode ser sentido em abundância, pois ele faz bem tanto a quem o doa quanto a quem o recebe.
Como próprio ensinamento bíblico já o cita: Ame a Deus sobre todas as coisas, e ao próximo como a ti mesmo! Se a bíblia diz que o Ser humano é imagem e semelhança de Deus, eu suponho que amar a Deus é amar todos os seres do mundo.

Mas não quero me aprofundar tanto neste assunto, pois acredito que isto merece uma postagem única!

Queria apenas falar um pouco sobre essa limitação do amor... Ela tem me deixado com as pernas bambas desde do momento que aprendi a amar incondicional ou não. Porque é engraçado, talvez não acredite em mim, mas quando fecho os olhos e imagino o quanto amo alguém, seja minha mãe, meu pai, uma tia a quem conheço pouco mais de cinco anos, meu cachorro...Quando tenho esse momento somente meu, eu me sinto flutuar, me sinto feliz. É a sensação mais deliciosa que já vivi. Eu digo sempre o quanto é prazeroso ser amado, mas amar é muito melhor! Ninguém vive sem amor! Amor e água é o que necessitamos todos os dias!!! rs...

Então quando aprendi sobre o amor, eu aprendi que posso até cometer o erro de limitá-lo, mas jamais deixarei de amar, não interessa se é minha mãe, meu cachorro, minha tia, minha amiga, um namorado, não interessa quem seja, vou continuar amando quem eu já amo, e quem sabe aprender a amar quem ainda não amo.Vou querer gritar esse amor, da mesma maneira fácil que gritamos o ódio, o ressentimento, a decepção. Vou estar a todo custo na torcida do amor...

Obrigada pelo amor de vocês (não são muitos, mas são o suficiente para este momento), não pretendo citar nomes, porque quem me ama sabe...risos...Se houver mais alguém novo??? Só deixar um comentário...kkkkk

Beijos enormes, fiquem com Deus
Bárbara Pontes.

Feliz dia do AMIGO! LOUCOS E SANTOS...

Amigos, loucos e santos.

Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila;
Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante;
A mim não interessa os bons de espiríto, nem os maus de hábito;
Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo, deles não quero resposta, quero meu avesso;
Que me tragam dúvidas e angústia, e que aguentem o que há de pior em mim;
Para isso só sendo louco;
Quero os santos, para que não duvide das diferenças e peçam perdão pelas injustiças;
Escolho meus amigos pela alma lavada e pela cara exposta. Não quero só o ombro e o colo, quero também sua maior alegria;
Amigo que não rir junto não sabe sofrer junto;
Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade. Não quero risos previsíveis nem choros piedosos;
Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça;
Não quero amigos adultos e chatos. Quero-os metade infância e a outra metade velhice. Crianças, para que não esqueça o valor do vento no rosto. E velhos, para que nunca tenham pressa;
Tenho amigos para saber quem eu sou! Pois os vendo loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos. Nunca me esquecerei que 'normalidade' é uma ilusão imbecíl e estéril;

Oscar Wilde.


Todas as pessoas do mundo têm direito a um amigo verdadeiro. Todas devem viver o encantamento de uma amizade, sentir a alegria de descobrir a confiança numa pessoa que conheceu a pouco tempo, que não se parece em nada com você, que deseja sua felicidade, seu sucesso. Amizade é algo tão valioso que aprendi a guardar à infinitas chaves, não apenas à sete!

Minhas amigas, e todas as outras que quase consegui carregar para uma vida inteira, dedico este dia a cada uma delas.Permanentes ou não, mas duradouras na mémoria mais gostosa da minha vida!!!

O meu muito obrigada, por cada detalhe que fizeram a cruzarem o mesmo caminho por onde passei! Obrigada em especial a Camila, Juliana e Janaina. Minhas melhores e amadas amigas, confidências de uma vida...

Beijos enormes, fiquem com Deus. Que a luz os envolva com infinita bondade e paz.Que neste dia vocês decubram o valor de uma palavra e a multiplicação de três palavrinha tão simples com valor incontestável. Um EU TE AMO vale a elas, minha amigas, incluído a minha mãe que sempre foi ótima amiga.
Bárbara Pontes.

Poema aos amigos

Não posso dar-te soluções para todos os problemas da vida,
Nem tenho resposta para as tuas dúvidas ou temores,
Mas posso ouvir-te e compartilhar contigo.
Não posso mudar o teu passado nem o teu futuro.
Mas quando necessitares de mim estarei junto a ti.
Não posso evitar que tropeces,
Somente posso oferecer-te a minha mão para que te sustentes e não caias.
As tuas alegrias, os teus triunfos e os teus êxitos não são os meus,
Mas desfruto sinceramente quando te vejo feliz.
Não julgo as decisões que tomas na vida,
Limito-me a apoiar-te, a estimular-te e a ajudar-te sem que me peças.
Não posso evitar o teu sofrimento quando alguma mágoa te parte o coração,
Mas posso chorar contigo e recolher os pedaços para armá-los novamente.
Não posso decidir quem foste e nem quem deverás ser,
Somente posso amar-te como és e ser teu amigo.
Todos os dias, penso nos meus amigos e amigas,
Não estás acima, nem abaixo nem no meio,
Não encabeças nem concluís a lista.
Não és o número um nem o número final.
E tão pouco tenho a pretensão de ser
O primeiro
O segundo
Ou o terceiro
Da tua lista.
Basta que me queiras como amigo.
Dormir feliz.
Emanar vibrações de amor.
Saber que estamos aqui de passagem.
Melhorar as relações.
Aproveitar as oportunidades.
Escutar o coração.
Acreditar na vida.
Obrigado por seres meu amigo.
 
 
Poema aos amigos, escrito por Jorge Luís Borges.
Que a mão sincera e amiga sempre tenha um ato de carinho.
Um beijo enorme,
Bárbara Pontes.

Amigo!

Na próxima semana teremos um dia mais que especial, muitas vezes este dia não é lembrado com tamanho carinho merecido, mas nunca deixa de ter seu valor!

Dia 20 de julho é dia do AMIGO, um dia que se comemora a maior relação extra-familiar. Eu decidi desde hoje ir postando aos poucos algo sobre a amizade. Este assunto sempre me deixou muito feliz, pois eu tenho grandes amigas, que apesar de poucas são extremamente valiosas!!!

Amigos nunca são demais! - Uma ambiguidade que nos revela o quanto é difícil encontrar a sinceridade, o conforto de um segredo, confiança, o amor, o carinho, o desejo da felicidade do outro,..., nos revela que quanto mais melhor, entretanto sempre são poucos os que podemos chamar de amigo!

A cada postagem sobre amizade quero dedicar aqueles que sempre souberam que poderiam confiar em mim, que descobriram o quanto de amor eu tenho por cada um, detalhado em atitudes pequenas da minha parte. Dedico ao ombro que me amparou nas horas difíceis, a mão que me ajudou levantar depois de uma queda, aos olhos severos quando cometia um erro.
 Porque a amizade que carrego comigo, de todos eles, dos meus poucos amigos são todas verdadeiras, sobreviveram batalhas, anos, uma vida.

Ser amigo não é aparecer somente nas horas que estamos tristes, não! Os nossos inimigos fazem isso muito bem...Amigo de verdade suporta nossa felicidade com alegria de estarmos crescendo!!!

Um beijo enorme,
Bárbara Pontes.

Saint Germain traduz tudo que há em mim.

"Oh luz da nova era ilumine, fazei brilhar o coração da terra e renascer mantendo a chama acessa. Oh mestre Saint Germain, senhor do Raio Violeta. Desperta o Ser, oh anjo dos sentidos, unificando os credos e as raças. Vibrai na luz todo nosso planeta, para o mal do mundo transmutar no sol da chama violeta.
Senhor Buda, Jeová, Mestre Jesus ou Oxalá, não importam nomes nem igrejas. Nova era, ano 2000, a terra em luz renascerá, o ser humano em si a própria crença. Todo caminho levará os homens a um só lugar, ao paraíso, ao caminho do meio.
O céu, a terra, alma sã, o sol, a lua, irmão, irmã, oh luz da nova era, Saint Germain."

Eu gosto muito desta canção, ela me lembra a primeira vez que pisei num certo lugar em Nova Iguaçú onde eu sinto a melhor paz interior. Eu costumo dizer que já frequentei todas as religiões possíveis, e que acho incrível aquele que crer com tamanha fé.
Eu creio em Deus, de uma maneira absolutamente própria, conversamos todas as noites e sempre peço a ele que guie os meus caminhos, ele por sua vez, sempre faz o melhor, tanto para mim quanto para qualquer outra pessoa, que acredite ou não nele. Jamais ele te condenará, nós é que nos condenamos, nos castigamos, nossa consciência que nos perbuta quando erramos.
Adoro falar sobre Ele, mas hoje vou dedicar apenas meu amor ao grande PAI.

Espero que gostem da letra desta música, eu tive que escrever ouvindo-a  aqui em casa...rs
Ela traduz o que acredito que todos deveriam pensar, o negrito é o que marca qualquer expressão que ela poderá trazer.

Beijos enormes,
Bárbara Pontes,
Fiquem com Deus;

Grande Lispector!!!

A tradução do meu momento ditada há tempos pela grande poetisa Clarice Lispestor!

Recuso-me a ficar triste.
Sejamos alegres.
Quem não tiver medo de ficar alegre e experimentar uma só vez sequer a alegria doida e profunda terá o melhor de nossa verdade.
Eu estou, apesar de tudo, oh! apesar de tudo, estou sendo alegre neste instante já que passa se eu não fixá-lo com palavras.
Estou sendo alegre neste mesmo instante porque me recuso a ser vencida:
ENTÃO EU AMO. Como resposta!


Clarice Lispector

(...) Nem eu mesma sei dizer, mas amar é meu maior prazer!

Não sei se já comentei sobre uma opinião que recebi certa vez, da minha mãe. Ela estava lendo um blog de um desconhecido, e normalmente os blogs que ela costuma frequentar atrás de pesquisas e aprendizados são todos abordando um assunto próprio. Alguns somente sobre comidas e receitas, outros com dicas de festa e decoração, e assim por diante. O meu não! Eu costumo dizer que meu blog tem o nome certo para os assuntos abordados aqui. Porque transformei isso aqui em meu, no que se refere a Bárbara Pontes, onde escrevo o que se passa comigo, nos meus pensamentos e nas minhas atitudes. Escrevo sobre sentimento, sobre religião, sobre lugares pelos quais passei, sobre minhas alegrias, dificulades, trabalho, estudo, minha família, minhas paixões...

Tenho o costume de chamar tudo isso aqui de valvula de escape, por que desde muito novinha eu descobri que a tristeza pode até bater a minha porta, mas ela não entra se eu decidir escrever, pois é escrevendo que desabafo, e desabafando que retorno ao estágio da alegria e da leveza. Hoje, não tão diferente de antes, eu decidi entrar por que existe algo que me derruba, percebi que não sou capaz de lidar com meus próprios sentimentos. Toda vez que reservo um tempo para pensar neles eu fico baixo astral, não quero ficar assim...Isso nunca me faz bem.
Então corri aqui para recuperar minha estima mais que alta, e a todo vapor!!!

Todos que me conhecem, sabem o quanto eu gosto de falar de amor. Aqui no blog eu sempre cito esta palavra, possivelmente em todas as minhas postagens. Amor é um sentimento muito forte em mim, dificilmente eu amo, mas quando se é possível eu dou o meu melhor, amo exageradamente! Isso que me aflinge, pois as pessoas não são capazes de receber amor como recebem ódio. Odiar alguém é a coisa mais comum e aparentemente simples, amar já é bem mais complicado;
Quer saber de uma coisa? Existe uma pergunta que faço sempre quando esse assunto me vem à cabeça. É se peco por amar ou se pecaria muito mais se deixasse de ser tão sentimental e fosse como a maioria das pessoas??? Porque eu sou sentimental, se amo, eu amo mesmo, sem cerimônias! Ou melhor,com cerimônias, porque eu tento ser romantica. (risos)...
Peço essa resposta sempre, e a única que me vêm a cabeça é: Continue a ser o que você é, sinta e libere isso que tem dentro de você!!! Acho que vou deixar de me perguntar isso!

Enfim, Amar ou não? Eis a questão!

Deixar de amar eu não vou, só não espero perder aquilo que considero meu grande trunfo, aquela coisinha especial que há dentro de mim, que me faz reerguer sempre, com exageros ou não, só não quero perder meu amor, especialmente o próprio, tão fiél quanto ele não acharei nenhum.

Beijos enormes,
Bárbara Pontes.

Sem idéias - 1 Ano - Raio Amarelo Dourado

Sabe quando você sente que as palavras tocam a pontas dos seus dedos enquanto você digita, mas o temor de não saber o final desta estória te amedronta?
Sabe quando a vida que segue é aquela que você um dia escolheu e os textos que sobreviveriam a eternidade se calam diante de ti?
Sabe quando você sente o calor dos sentimentos e não sabe dizer nada além de 'eu te amo'?

Pois é, é assim que me sinto toda vez que entro aqui. Sem novidades, como se não houvesse vivido nada durante uma década. Mas com o passar suave das meus pensamentos à procura de boas idéias, olha só o que me vem a cabeça: Meu último domingo!!!
Um assunto já comentado aqui outras vezes, mas nada se compara a emoção que vivi, tão grandiosa neste domingo 26 de junho de 2011.

Mais uma vez estive emocionada com o Raio cigano, que frequento todo mês, de maio à dezembro. Esse me emocionou muito mais que qualquer outro, pois além de tudo era festejado dentro de mim a sensação de 1 ANO participando ativamente daquilo que me faz tão bem. As canções que tocaram pareciam fazer parte de mim, eu as senti como se pudesse estar na minha corrente sanguínea, é louco e fascinante ao mesmo tempo.
O Raio Amarelo Dourado foi o primeiro que frequentei ano passado, havia chegado atrasada e fiquei absurdamente apaixonada por tudo que estava envolvido ali. As meditações que hoje fazem parte de mim, as vidências, o bem estar que provoca a todos que conseguem concentração trazem bons fluidos. Sempre que lembro daquela ligação da minha tia, contando sobre esse lugar, quando lembro disso rio da própria sorte e felicidade. Naquele dia, há mais de um ano, eu nunca imaginava que tudo que ela havia me contando era pouco para tamanha paixão que sinto hoje por este lugar.

Este último Raio foi espetacular, me trouxe renovação, paz, equilíbrio e boa sensação de prazer. Eu saí de lá com a idéia que tudo que eu quero irá acontecer aos poucos, mas está tão próximo de concretizar meus primeiros passos desta pirâmide que é minha vida, que eu mesma jamais acreditei estar tão forte quanto hoje.

Engraçado! Aquele lugar tão distante, mas com um clima tão gostoso, com uma magia estranha, louca, divertida e responsável, há algo mágico ali, algo que ultrapassa meus pensamentos e os mantêm curiosos. Os pássaros que por ali voam ou nascem - havia dois bonitinhos pássarinhos filhotes num ninho improvisado numa planta artificial - ou borboletas que sempre dão o ar da graça, esses animais belos nos dão a sensação de família, de paz, de que tudo o que é dito no início do ritual, é tão real quanto eu ou você! Eu sempre comento sobre os Raios, sempre conversos com os novos visitantes que passando-se de raio em raio tornam-se permanente visitantes. Sempre crescendo essa família.
Gosto de saber sobre cada um, como descobriram aquele lugar? Se gostaram do domingo com aquela família nova? Se pretendem voltar?
Muitos se renovam tanto que mesmo saíndo de casa às 9 da manhã para voltar às 19 horas, é gratificante, e a volta naquele belissímo lugar é certa!

Quem não conhece a magia deste cantinho, desta família pode se progamando, não façam cerimonias, mostre-se aberto a boas enérgias, descubram o caminhos e a sensação agradável que ganharão...Pois os Raios Ciganos são maravilhosos e valem à pena cada segundo presente.

Que todos tenham ótimos finais de semana, amanhã tem festinha aqui em casa.
Que os dias passem rápido, só para chegar o próximo Raio...risos...
Que Deus o abençõe sempre.
Beijos enormes,
Bárbara Pontes.