Meu dia depois do Raio Rubi

Tudo que eu menos queria, era transformar este blog num diário online, mas é exatamente o que venho fazendo desde principio. E hoje, que resolvi remoer algumas feridas, descobrir alguns curativos eu pensei: “Já que virou diário, porque não bloggar um pouco sobre o que se passa comigo?”

Domingo eu fui numa festa cigana. -Uma hora eu escrevo mais detalhada sobre esta festa.- Lá eu ouvi com olhos marejados que necessito desabafar a dor que carrego no peito, que sou uma pessoa bondosa, mas que não devo deixar as pessoas passarem por cima de mim. Isso me fez pensar mais ainda sobre meus próprios sentimentos, e me levou a um rosto molhado por lágrimas até o dia de hoje, sexta-feira.
Bom, o que tem sido difícil é encontrar alguém inteiramente disponível para desabafar, alguém que não me julgue, que não me constranja e, principalmente, alguém em quem eu tenho inteira confiança. Mas isso é tão complicado, mesmo tendo em mente esse alguém.

Eu, Bárbara Pontes, sou uma pessoa tímida e discreta, mas muito aberta quando o assunto é amor. Sou dedicada a desvendar sorrisos alheios, e em minhas preces jamais encaixo apenas eu. Pensar apenas na minha felicidade sempre foi achar que seria egoísta, hoje, mesmo após o que ouvi domingo, não tenho opinião diferente.

Costumo me doar para contribuir para a felicidade daquele que eu amo, e não faço isso pensando numa recompensa, porque minha maior alegria é vê-los sorrindo. Eu sei, que muitas vezes eu costumo parecer chata, pegajosa, melosa, ou qualquer outro adjetivo destinado a pessoas que gostam de seguir o coração ou que costumam dizer eu te amo de livre e espontânea vontade. Eu, quando lembro de alguém, amo aparecer para esse alguém por meio de uma ligação, mensagem, email, cartas...Gosto de compartilhar minha alegria. Mas pessoas como eu jamais deixam saudades...

Ou será que deixam???

Já abaixei muito a cabeça, já ouvi muita alteração de voz, calei, ouvi e aprendi que jamais podemos nos dirigir a um ser vivo de maneira que os coloque para baixo. Sou alguém até explosiva, mas explodo por dentro e quando isso acontece procuro um cantinho para chorar ao som de belas canções, longe de pessoas que me querem bem. Não gosto de, e procuro não fazer, chorar perto da minha mãe, porque ela ainda não entende que enquanto sorrio o mundo desabafa sobre a minha cabeça. Eu tento enganar, algumas vezes, até meu auto-astral sorrindo. (risos)

Certa vez ouvi que ninguém pode apostar sua felicidade em apenas uma pessoa, eu não aposto a minha em ninguém, mas se hoje tenho apenas um alguém para dividir meus segredo. Um alguém que não deve imaginar a quantidade de amor que o cerca, o carinho ilimitável que tenho por ela, não deve sequer perceber que eu a tenho como uma das minhas 5 pessoas que mais amo em vida, que ainda acredito tê-la conhecido em uma outra vida. Se tenho esse alguém hoje devo agradecer a Deus, porque o dia de hoje já me foi completo.

Falar de mim é dor de cabeça, são lágrimas rolando e embaçando meus olhos, são batimentos forte e pensamento tumultuados. Eu sou exatamente uma espécie sonhadora, apaixonada, que não sabe como agir, que não sabe o que fazer, se deve continuar se doando ou se deve guardar a doação para momentos de procura. Se deve dar tempo para que os outros sintam a minha falta?!?! É, não sei a resposta, só sei que vou continuar sendo a mesma Bárbara, vou continuar ‘pertubando’ com minhas melosidades. E quem não gostar que olhe nos meus olhos e diga! Eu só não vou mais querer ninguém me colocando para baixo...Isso não aceito, e se um dia aceitei foi porque sempre imaginei uma vingança doce.

Um grande beijo...
Quem puder ajudar...se é que alguém ler tudo isso aí! RS
(Bárbara Pontes)

Um comentário:

  1. Olha neguinha, em nenhum momento existem vinganças doces, pois quem é vingativo não possui ainda um espiríto desenvolvido, continue ser vc mesma, mas nunca deixe algo ou alguém passar por cima de vc, lembre-se sempre o amor é a coisa mais importante em nossas vidas mais não significa que amar é aceitar td, porém as pessoas confundem muito isso, amar tb é criticar e ensinar para consertar alguns erros.
    Felizes daqueles que tem uma alma límpida e pura. Nunca deixe de ser vc mesma e quando estiveres triste mostre a tds que ama, nunca finja ser forte pois os que realmente a amam vão entender e vão tentar ficarem fortes para lhe dar apoio. "Se um dia um anjo declarou que tu era filha de Deus, agora quem sou eu para lhe dizer que vc é cheia de graça, se a palavra ensinou que tds hão de concorcodar e a gerações te ploclamar, agora eu tb direi tu és bendita... Perfeito é quem te criou..." Bjs no coração...

    ResponderExcluir

Faça valer a pena!