Lendo por aí...

Hoje estava pesquisando no google alguns textos e frases sobre assuntos que muito me interessam, costumo fazer isso sempre que tenho disponibilidade. Vou postar um que muito chamou-me a atenção, e pelo que consta, é uma história do folclore coreano.
Começa exatamente assim:

Uma jovem mulher, Yun Ok, foi até o celebre monge da montanha.
- Ó respeitável sábio - disse ela - estou com dificuldades! Faça-me uma poção.

-Tudo bem- disse o sábio – qual a sua historia?

- É meu marido. Nos últimos anos, ele esteve ausente, lutando numa guerra. Agora que voltou, quase não fala comigo, se falo ele não parece ouvir. Quando abre a boca para falar, é rude e zangado. Se lhe sirvo comida, ele não gosta; empurra o prato para o lado e sai da mesa raivoso. Preciso de uma poção para que ele volte a ser amoroso e carinhoso!

- Tenho a receita - respondeu o sábio - Mas o ingrediente essencial é o bigode de um tigre vivo.

- O bigode um tigre vivo?- disse a moca- Como poderei conseguir isso?

- Se a porção for realmente importante para você, então você terá êxito- respondeu o monge.

A mulher foi para casa. Naquela noite, enquanto o marido dormia, saiu furtivamente com uma tigela de arroz e um pedaço de carne. Chegou a uma prudente distância da caverna de um tigre, estendeu a comida e o chamou para comer. O tigre não veio. Na noite seguinte, fez a mesma coisa, desta vez mais perto da caverna. Novamente nada aconteceu. Todas noites ela ia a caverna cada vez se aproximando mais. Pouco a pouco o tigre acostumou-se com ela.
Certa noite chegou a uma distância da qual não poderia atirar uma pedra na caverna e parou. A mulher e o tigre fitaram-se sob a luz da lua. Na noite seguinte ela se aproximou ainda mais, a ponto de estar tão próxima que poderia falar com o tigre com uma voz muito suave. Pouco depois o tigre comeu a comida oferecida.
Na outra noite, o tigre a esperava. Depois que ele comeu, ela passou a mão sobre sua cabeça,e ele começou a ronronar. Seis meses haviam se passado desde a noite da primeira visita. Finalmente depois de tê-lo acariciado na cabeça, ela disse:


- Ó generoso tigre preciso de um de seus bigodes. Por favor não se zangue comigo!

E ela cortou um dos bigodes. O tigre não se zangou e a lambeu. Ela correu em disparada pela trilha, com o bigode do tigre.

- Agora você pode fazer a poção mágica. - Disse ao sábio.

O sábio examinou o bigode cuidadosamente satisfeito porque era mesmo de tigre, e jogou na fogueira.

- O que você fez? – gritou a mulher – Depois de todo o esforço que fiz para pegar o bigode!

- Diga-me, como você conseguiu? - disse o sábio.

- Todas noites eu ia a caverna do tigre com uma tigela de comida para ganhar sua confiança. Falava docemente com ele, para fazê-lo compreender que só queria seu bem. Fui paciente. Cada noite levava comida sabendo que ele não a comeria. Mas não desisti. Nunca falei asperamente nem censurei. Finalmente numa noite ele andou alguns passos em minha direção. Nas noites seguintes ele já estava esperando na trilha e comia a tigela. Passei a mão em sua cabeça e ele começou a ronronar. Foi aí que consegui cortar o bigode dele.

- Você domesticou o tigre em sua persistência e seu amor! - disse o sábio.

- Mas você jogou o bigode do tigre no fogo! Foi tudo a troco de nada!- lamentou-se ela.

- Não, não foi tudo a troco de nada. Você não precisa mais do bigode. Será que seu marido é mais feroz que um tigre? Será que ele é menos sensível ao carinho e a compreensão? Se você é capaz de ganhar a confiança de um animal selvagem e sedento de sangue com suavidade e paciência, certamente poderá fazer o mesmo com seu marido!

Yun OK permaneceu emudecida por alguns momentos. Então voltou pela trilha refletindo sobre a grande verdade que havia aprendido do sábio da montanha.

O segredo para lidar com pessoas difíceis é não morder a isca da negatividade delas e deixar que elas mordam sua isca de um coração empático e cheio de amor.

Não devemos tentar mudar as pessoas, e sim tentar mostrá-las o quanto é maravilhoso o outro caminho. E para isso é necessário adquirir um pouco mais de sabedoria e equilibrio mental, para sabermos a hora de encerrar qualquer tipo de discursão, ou ao menos saber quando não devemos começar. Também há um ingrediente fundamental para certas situações, quando ele está presente não há outro caminho senão o da persistência e o da paciência. Com amor, quando se quer algo jamais é impossível...

Beijos, voltarei provavelmente por aqui somente nas primeiras hora do dia 31/01/10, já que para esse dia há um post reservado na minha página de rascunho...risos.

(Bárbara Pontes)
Frase do dia ou da noite, já que são 1 hora da manhã:

"Pare de olhar a felicidade cada dia mais longe" - Paulo Roberto Goefke.

Olhe para dentro de si e a encontrará, todos nós possuímos felicidade de sobra, porém poucos são capazes de encontrá-la e pouquíssimos sabem como saboreá-la.

Uma linda semana para todos nós, beijo grande e fiquemos com a presença divina do meu grandioso papai do céu.

(Bárbara Pontes)

FELIZ ANIVERSÁRIO PRA VOCÊ!!!

Todo mundo que me conhece sabe da existência de um sentimento abertamente tímido, dentro de mim, que procuro declarar a cada segundo por pessoas que eu realmente amo. Hoje eu não poderia cometer o crime de esquecer-me de expor esse amor que me abriu tantos sorrisos ao longo de uns 4 anos.
Eu descobri que amar alguém não faz apenas bem a pessoa amada, aliás, o maior favorecido é sempre quem ama. Eu não amo por amar, nunca amei ninguém apenas por amar, amo por que não há outro sentimento acima do amor.

Hoje, quero declarar um amor imenso por uma pessoa especial, que me ensinou muito, que me mostrou o verdadeiro caminho que devo seguir para chegar até felicidade, uma pessoa amiga, companheira, conselheira, alguém que ocupa neste instante um dos primeiro lugares da minha vida entre amores fortemente inesquecíveis, alguém que estará aqui pela segunda vez entre meus post's. Esta pessoa combina perfeitamente com tal data, 31/01/10, pois além de tudo é seu aniversário!!!

Resolvi não me alongar muito, primeiro porque descobri que as pessoas entram aqui e sentem preguiça de ler estes textos imensos, segundo por que adoraria saber que aniversariante de hoje lesse tudinho...Também pretendo expor algumas fotinhas para homenageá-la.

Dona de uma alegria sem igual e de um sorriso espetacular, minha tia Jana é uma amiga e tanto, pessoa carismática e auto-astral, de primeiríssima qualidade. Alguém que aprendi a admirar em poucos segundos e a amar em poucos dias. Ela possui um encantamento que é facilmente transmitido às pessoas a sua volta.
Quem a conhece sabe exatamente sobre o que estou falando, sobre uma alegria contagiante.
A Jana é um presente em minha vida, pessoa que me ensinou a viver sem medo de ser feliz, ensinou-me a viver, viver com vontade, viver com felicidade, viver com coragem. Foi ela a maior responsável pelo meu 2009 ter sido o melhor ano da minha vida!!!
Espero que possamos viver muitos outros anos juntas, por que algo me diz que a amizade e amor que sinto por você sobrevive a 'eternos passados'.

"Se planta uma semente de amizade, recolherá um ramo de felicidade" - Lois L. Kaufman;

"Quero, um dia, dizer às pessoas que nada foi em vão...Que o amor existe, que vale a pena se doar as amizades e as pessoas, que a vida é bela sim e que sempre dei o melhor de mim... " - Mario Quintana.

Tia, que neste novo ano que começa para você tudo possa está ainda mais claro e visível, que o amor invada seu coração, que a saúde ande firme ao seu lado e que a paz sobrevoa seu ser. Felicidades e tudo o mais de bom que há, eu desejo a você em triplo. Que papai do céu abençoe e ilumine cada passo da sua caminhada rumo a eterna felicidade.
FELIZ ANIVERSÁRIO!!!!

TE AMO!
TE AMO!
TE AMO!
Milhões de beijos para você,
Bárbara Pontes (sua coquinha...risos...).

2010 chegou de vez!!!

Estive ausente por uma temporada, mas estou de volta logo no início do ano para fazer uma retrospectiva minha. E acima de tudo tentar relembrar os bons momentos de 2009.
Ano passado foi um ano incrível, de aprendizado, de alegria, de otimismo, de grandes realizações...

Comecei o ano numa cidade perto daqui, em Araruama, ao lado de pessoas agradáveis e felizes, das quais não conhecia a metade ainda em 2008. Foi a volta para casa, para a minha segunda cidade, foi o abraço na minha mãe, o primeiro do ano, o carinho a atenção que colocaram meu ano já no clímax.

No carnaval eu fiz diferente, totalmente diferente! Sai, curti e sorri como nunca. Fiquei bronzeada de tanto ir a praia, gargalhei horrores e deixei marcado cada detalhe pra sempre. Lembro até dos 'sapinhos', alguns garotos fantasiados de sapinhos com os quais tiramos algumas fotos...risos.

Cada mês algo novo! Conheci muitas pessoas, não fiz tantos amigos, mas pude levar o melhor de cada um com suas assinaturas embaixo. Trabalhei, fiz estágio no Hospital Geral do Andaraí, conheci uma Bárbara que não é de brincadeiras, que faz tudo de maneira correta, que corre na frente e conquista espaço. Mesmo que seja um espaço pequeno...risos, porque ainda assim me senti confortável. Conclui meu curso, espero que um dia possa me referir a ele como 'um dos'.

Como havia comentado logo acima, conheci muitas pessoas, algumas marcaram mais que outras, com muitas eu aprendi. Esse ano de 2009 foi excepcionalmente O MELHOR ANO DA MINHA VIDA, até que 2010 me prove o contrário...risos.

Sai muito também, conheci uma amiga que estava mais perto do que imaginava, uma amiga que levarei para toda a vida, alguém que soube, sabe e saberá sempre me fazer sorrir quando é a tristeza que se acomoda perto de mim. Essa pessoa de certo estará presente em cada felicidade que eu sentir, e nossos segredinhos estarão um dia a nos fazer sorrir como sempre.

Também fui mais apaixonada neste ano, tornei-me mais sensível a valores desperdiçado antes, e amei, amei muito, como talvez nunca houvesse amado antes. Hoje me perguntei se não amei demais? E neste momento já sei a resposta para um pergunta tão simples. Amar é ter as mãos apoiadas no bem, é ter o prazer de sentir-se feliz, é amando que se aprende a amar, e nunca ninguém ama demais, por que o amor não tem limites, e se queres amar, ame, mostre teus sentimentos diante de quaisquer fatos, mas nunca deixe de amar verdadeiramente.

Não li muito este ano, mas os poucos que li foram de fato os mais importantes livros. Tirei lições para uma vida inteira. Este ano foi o meu ano da música. Nossa, curti muito música, e tornei a amar...riso, a música me mostrou que pode ser sentida como uma leve brisa no rosto. Ano da música, da arte e do amor!!! Afinal, voltei a desenhar.

Mudamos para uma nova casa, mais arejada, mais clara e aberta a situações boas. Encontrei um cantinho, no qual estou agora que, apesar de quente é meu cantinho preferido. Onde eu posso reviver situações boas, abrir um livro, saborear detalhes e curtir a vida em breves espaços.

Esse ano foi muito diferente mesmo, eu fiz tudo que pude para ser feliz, aproveitei cada convite, me declarei a vida. E para completar toda essa felicidade eu até ganhei de presente a companhia da minha tia Cinéia, a adorável companhia dela aqui no Rio. E ainda assim faltou citar que, minha maravilhosa mãe, tornou meus 21 anos de vida mais inesquecível ainda, fez-me uma linda festa surpresa, com direito a convidados encantadores. Isso é algo que quero e vou levar na memória sempre. Na verdade no dia meu aniversário nós saímos para comer fora, entretanto não havia muitas pessoas não, mas isso não fez tanta diferença, por que as que estiveram comigo no dia 01/12/09 foram às pessoas que eu sabia que estariam comigo sempre. A festa foi dia 05/12 e foi brilhante.

É já no finalzinho do ano eu não posso deixar de dizer que se caberia uma única frase para traduzir meu ano de 2009 seria exatamente esta: VALEU A PENA.

Finalmente estamos em 2010 e espero de coração que este ano seja o melhor para todos nós, que possamos aprender, conquistar sabedoria e amar muito, muito mesmo. Por que amor nunca é demais.

FELIZ 2010, VAMOS CORRER NA FRENTE E DEIXAR A TRISTEZA PRA TRAZ.
(Bárbara Pontes.)