Palavras são preciosidades!

Palavras, palavras que sopram sorrisos, olhares e desejos. Sentimento de conforto e alegria. Momentos vividos e contados.
A cada dedo digitando uma letra, uma lágrima rola pelo rosto molhado, se eu pudesse viver escrevendo... viveria feliz neste mundo maltratado.

Quem dera saber escrever pra dizer o que os meus pensamentos querem transmitir. Para contar o que é a minha alegria. Para falar de amores, de vida e de amigos. Para cantar uma música nunca ouvida, para trazer felicidade e entendimento as pessoas.
Palavras voam pelos meus textos complexos, pela boca das pessoas, pelos olhares temerosos ou felizes. A cada segundo uma delas magoa ou cura o coração. Por que muitas vezes não podemos apagá-las.

Meu sonho é ter o controle de A à Z, para formar longos texto e assim me satisfazer.

Quero o dom simples de tê-las sempre viajando, unidas uma com as outras, formando o que eu chamo de felicidade nesta minha válvula de escape.
As vezes são simples, porém sua simplicidade é capaz de tocar o mais profundo dos sentimento. São elas as donas de nossas falas, dos nossos desejos, dos nossos pecados.
Palavras, não são apenas palavras, são as palavras, aquelas que um dia julgamos e as condenamos e num outro dia as glorificamos.Viver sem elas é como não saber amar, é como não viver, é sentir algo e não saber o porquê.
Hoje eu dedico toda a minha alegria a cada uma delas.

Dedico tê-las sempre comigo, dedico não aprisioná-las e sim vê-las flutuando por cada pensamento meu e um dia ouvir as mesma da boca de algum estranho.
Quero voar na companhia delas e pousar quando estas estiverem prontas para serem entendidas.

Um beijo grande e fica com Deus.
Essa foi mais uma tentativa... risos...
(Bárbara Pontes)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça valer a pena!